Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Qualcomm apresenta Snapdragon 820 com nova CPU Kryo

Unidade de processamento substituirá a Krait nos novos SoCs high-end; processador habilitará nova plataforma de computação cognitiva Zeroth
 (Getty Images/Getty Images)
(Getty Images/Getty Images)
G
Gustavo GusmãoPublicado em 03/03/2015 às 13:31.

Depois de algumas especulações, a Qualcomm finalmente deu detalhes sobre sua nova linha de processadores high-end. Em apresentação realizada nesta segunda-feira no Mobile World Congress, a fabricante de chips revelou seu system-on-a-chip Snapdragon 820, sucessor do ainda pouco adotado 810 e dono de um novo núcleo de CPU ARMv8, o Kryo.

A unidade de processamento de 64 bits deverá substituir a Krait no SoC. O sistema, aliás, será construído com base em um FinFET de última geração, que pode ser o de 16 nm da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company ou de 14 nm da Samsung e da Global Foundries, embora ainda não haja confirmação por parte da Qualcomm. Informações vazadas em janeiro, porém, já mostravam certa preferência pela segunda opção.

No entanto, a parte mais interessante do novo SoC tem a ver com a nova plataforma de computação cognitiva Zeroth, anunciada em 2013 e agora habilitada pelo chip. O conceito por trás do sistema é um tanto quanto complexo, mas envolve basicamente processadores capazes de se adaptar a problemas de forma inteligente e até mais “humana”.

De acordo com o Cnet, a Qualcomm afirma que a plataforma “pode ajudar a criar interações mais naturais com os telefones, permitindo que os aparelhos procurem fotos e vídeos mais facilmente, encontrem as melhores conexões sem fio de forma autônoma e usem análise comportamental para se tornar mais seguros”.

Testada com robôs, como o vídeo abaixo mostra, a Zeroth ainda poderá usar o microfone e a câmera dos smartphones para "aprender" e analisar o ambiente, gestos e até expressões faciais, realizando ações diferentes de acordo com o contexto.

O sistema também será compatível com dispositivos vestíveis e com carros inteligentes. Nos veículos, isso pode indicar uma evolução no recurso de detecção de fadiga presente em alguns automóveis atuais, por exemplo, entre outras novidades.

Nada, porém, foi dito sobre datas de lançamentos de carros com suporte à Zeroth. No entanto, os primeiros smartphones com o Snapdragon 820 e com a plataforma integrada devem chegar ao mercado já no segundo semestre deste ano.