• AALR3 R$ 20,07 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,42 1.57
  • ABCB4 R$ 16,66 0.85
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,78 5.88
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,44 0.83
  • ALPA4 R$ 22,17 4.13
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,50 -2.11
  • AMAR3 R$ 2,59 1.97
  • AMBP3 R$ 32,35 4.05
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,38 3.55
  • ANIM3 R$ 5,55 1.46
  • ARZZ3 R$ 81,27 2.28
  • ASAI3 R$ 16,09 2.35
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,41 4.20
  • BBAS3 R$ 37,46 -0.29
  • AALR3 R$ 20,07 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,42 1.57
  • ABCB4 R$ 16,66 0.85
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,78 5.88
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,44 0.83
  • ALPA4 R$ 22,17 4.13
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,50 -2.11
  • AMAR3 R$ 2,59 1.97
  • AMBP3 R$ 32,35 4.05
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,38 3.55
  • ANIM3 R$ 5,55 1.46
  • ARZZ3 R$ 81,27 2.28
  • ASAI3 R$ 16,09 2.35
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,41 4.20
  • BBAS3 R$ 37,46 -0.29
Abra sua conta no BTG

25% da população passará 1 hora por dia no metaverso em 2026, diz pesquisa

Estudo feito pela Gartner e divulgado pelo Fórum Econômico Mundial reforça a tendência da nova tecnologia e a necessidade de profissionais qualificados para desenvolvê-la
Metaverso: a tecnologia é um novo formato de plataforma que serve para criação de aplicativos e ferramentas de interação social (Getty Images/Daniel Lozano Gonzalez)
Metaverso: a tecnologia é um novo formato de plataforma que serve para criação de aplicativos e ferramentas de interação social (Getty Images/Daniel Lozano Gonzalez)
Por Da Redação Publicado em 19/04/2022 18:46 | Última atualização em 05/05/2022 18:13Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Um quarto da população passará ao menos uma hora por dia no metaverso em 2026. É o que diz a pesquisa feita pela empresa de pesquisa e consultoria de tecnologia Gartner e divulgada pelo Fórum Econômico Mundial

Mas o que as pessoas estarão fazendo no metaverso daqui a 4 anos? Segundo o levantamento, o espaço virtual estará lotado de pessoas em reuniões, shows, eventos virtuais, trabalho e compras. A previsão é de que estaremos usando NFTs e tokens para comprar e vender produtos. 

Outro destaque da pesquisa é que as marcas já estão se antecipando e construindo a infraestrutura para que os usuários tenham a sua vida digital como uma continuidade da real. O vice-presidente da Gartner, Marty Resnick, acredita que 30% das instituições do mundo terão produtos e serviços no metaverso até 2026.

Prepare-se para atuar no metaverso com as grandes empresas e lucrar com a nova tecnologia. Participe de uma masterclass gratuita clicando aqui

Atividades como estudar em salas de aulas virtuais, construir casas e prédios e comprar terrenos virtuais serão comuns no metaverso. Parte delas já estão ocorrendo. A venda de terrenos, iates e outros artigos já movimentou bilhões de dólares na nova tecnologia, e gigantes da moda como Dolce Gabana, Tommy Hilfiger e Paco Rabanne já promoveram desfiles no metaverso. 

O Fórum Econômico Mundial destacou que o metaverso está se consolidando como a nova evolução da internet, descrito como a “realidade extendida” (XR, na sigla em inglês). A organização ainda evidenciou o movimento de gigantes da tecnologia no desenvolvimento de hardwares que permitam a interação com o novo mundo, como óculos de realidade virtual, por exemplo. 

Outra frente de negócios explorada por empresas e marcas é a publicidade no metaverso. Se antes o objetivo era comprar espaços em totens na rua e nas páginas da internet, agora a disputa é pela divulgação no novo ambiente. 

Participe de aula gratuita sobre as oportunidades do metaverso e como aproveitá-las

Mas, afinal, o que é o metaverso? 

Com tanta expectativa sobre a tecnologia que promete mudar a nossa relação com o mundo digital é de se esperar que surjam dúvidas sobre o funcionamento do sistema. O metaverso é um novo formato de plataforma que serve para criação de aplicativos e ferramentas de interação social.

É um ambiente virtual que simula o mundo real, onde as pessoas são representadas por seus avatares. Basicamente, é o futuro das redes sociais, além de também ser chamado por alguns especialistas de internet imersiva, que seria algo como uma nova era da internet.

O termo ficou muito conhecido no ano passado quando o Facebook decidiu mudar o nome da empresa para Meta, deixando claro que esse será o foco da empresa daqui pra frente. Além de mudar o nome da companhia, Mark Zuckerberg anunciou que vai investir 10 bilhões de dólares nos próximos anos para construir seu próprio ambiente no metaverso. 

No entanto, para aproveitar o potencial do metaverso é preciso ter profissionais que saibam trabalhar com a nova plataforma. Por isso, as empresas correm em busca de pessoas que entendam e saibam lidar com a nova tecnologia e a demanda por esses profissionais tem crescido exponencialmente.

Como se preparar para atuar no metaverso 

Olhando para a alta demanda do mercado por esses profissionais e para as diversas oportunidades, a Exame produziu a masterclass gratuita Oportunidades no Metaverso. O conteúdo, que está programado para acontecer totalmente online e gratuito no dia 12 de maio, às 19h30, vai mostrar como sair na frente e ser um dos primeiros a ocupar o espaço na nova fronteira da internet.

Produzida pelos especialistas Fernando Miranda, CMO de marketing da Exame, e Flávio Tavares, CEO estratégico da Welcome Tomorrow e founder e CEO da Upper ADucation, a masterclass apresenta inúmeras oportunidades potencialmente lucrativas que têm surgido no metaverso e o caminho certo para aproveitá-las. 

Quero participar da masterclass gratuita Oportunidades do Metaverso