Polícia suspeita de ajuda interna em roubo à Samsung

Imagens sugerem que os criminosos sabiam exatamente onde estavam os equipamentos de maior valor e não carregaram os produtos com sistema de rastreamento

O exame das imagens do sistema de segurança da empresa reforçou a convicção da Polícia Civil de que os assaltantes tiveram ajuda interna para planejar o roubo à Samsung, em Campinas, na madrugada de segunda-feira, 07. De acordo com o delegado Carlos Henrique Fernandes, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), as imagens sugerem que os criminosos sabiam exatamente onde estavam os equipamentos de maior valor e não carregaram os produtos com sistema de rastreamento.

Ao reconstituir o roubo passo a passo, a polícia concluiu que o bando tinha informações precisas sobre a quantidade de agentes da segurança privada, horários da troca de equipes e localização das câmeras de segurança e conheciam a rotina de acesso. "As imagens e os primeiros depoimentos indicam que eles tiveram informações privilegiadas e sabiam bem o que estavam fazendo", disse Fernandes. Segundo ele, além dos que ficaram reféns e são considerados vítimas dos bandidos, outros funcionários serão chamados para prestar esclarecimentos. A investigação se estenderá à empresa de segurança que atende a Samsung.

Por fabricar equipamentos com alto valor agregado, a indústria coreana desperta cobiça e é visada por quadrilhas. Em novembro do ano passado, homens armados com fuzil em um carro de luxo abordaram um caminhão que transportava celulares, renderam a escolta e iniciaram o saque da carga. Acionada por um motorista que percebeu a ação, a Polícia Militar deslocou-se até o local, mas os bandidos conseguiram fugir com parte da carga roubada. A polícia concluiu que os bandidos tinham detalhes sobre a rota do caminhão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também