A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Novo MacBook Pro e iPhone 7 não se conectam sem um adaptador

Padrões de USB usados pela Apple no novo MacBook Pro e no iPhone 7 são incompatíveis sem o uso de um adaptador

São Paulo -- Menos de dois meses se passaram entre o anúncio do iPhone 7 (que aconteceu no dia 7 de setembro) e da nova geração do MacBook Pro (anunciado ontem, 27 de outubro). O pouco tempo, no entanto, não foi o suficiente para fazer com que os dois produtos não "se encaixem".

Uma das mudanças trazidas pela Apple com a nova geração do MacBook Pro foi nas portas USB. Agora, o notebook topo de linha da empresa traz 4 entradas no padrão USB-C. Elas poderão ser usadas para conexão com acessórios, para carregar a bateria ou para transferir dados. Desde que nada disso envolva um iPhone 7.

Graças ao padrão USB-C, o cabo que acompanha qualquer versão do iPhone é incompatível com o notebook. Isso também se aplica ao iPhone 7, anunciado apenas 50 dias antes do novo MacBook Pro.

Para realizar essa conexão (seja para sincronia de dados e arquivos, carregar a bateria do smartphone usando o notebook ou qualquer outra ação) será preciso comprar um adaptador. A situação é chata, mas contornável.

Agora, algo será impossível de se fazer. Se você é do tipo que usa os fones do iPhone para ouvir música em qualquer dispositivo, terá de desistir de fazer isso com um MacBook Pro.

Seria preciso um adaptador de Lightning (novo padrão dos fones do iPhone) para USB-C. No momento, tal adaptador ainda não foi desenvolvido, fabricado ou vendido por qualquer marca.

A expectativa é que, ao longo dos próximos anos, o USB-C vire o padrão de toda a indústria. Smartphones devem abandonar o modelo atual, HDs externos e qualquer outro acessório também. Enquanto isso não acontece, não será raro ter de recorrer a adaptadores vez ou outra.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também