Monark é desligado do Flow Podcast

Após defender a formalização de um partido nazista junto à Justiça Eleitoral brasileira, o apresentador teve sua saída anunciada pelo Estúdios Flow e não será mais sócio da empresa
 (Leandro Fonseca/Exame)
(Leandro Fonseca/Exame)
L
Laura Pancini

Publicado em 08/02/2022 às 16:43.

Última atualização em 16/02/2022 às 13:18.

Após defender a formalização de um partido nazista junto à Justiça Eleitoral brasileira, o apresentador do Flow Podcast, Monark, foi desligado dos Estúdios Flow. A fala foi dita durante o programa desta segunda-feira, 7, que recebeu os deputados federais Tabata Amaral (PSB-SP) e Kim Kataguiri (DEM-SP).

“Eu sou mais louco do que vocês. Eu acho que tinha de ter partido nazista reconhecido pela lei”, disse Monark, que saiu em defesa do "direito" de ser antissemita.  A opinião do brasileiro vai contra os princípios básicos da Constituição, como a promoção do "bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação".

A conversa viralizou nas redes sociais e os usuários passaram a pressionar os patrocinadores descritos no site do Flow. A patrocinadora Flash Benefícios anunciou que iria solicitar o encerramento formal da relação contratual com o Flow e outras marcas (que não tinham mais associação com o podcast, mas estavam no site) também se manifestaram.

No início da tarde desta terça-feira, 8, Monark publicou um vídeo em suas redes sociais pedindo desculpa e afirmando que "errou". O apresentador justificou que estava bêbado durante o programa.

"Fui defender uma ideia, que é uma ideia que acontece em outros lugares do mundo, nos Estados Unidos, por exemplo. Mas eu defendi minha ideia de uma maneira burra, eu estava bêbado". Ele também reconheceu que foi "insensível" com a comunidade judaica, mas também pediu compreensão do público.

Algumas horas depois, o Flow Podcast soltou uma nota anunciando a saída do apresentador:

"Reforçamos nosso comprometimento com a Democracia e Direitos Humanos, portanto, o episódio 545 foi tirado do ar. Comunicamos também a decisão que a partir deste momento, o youtuber Bruno Aiub @Monark, está desligado dos Estúdios Flow".

Monark continua sócio?

A nota dos Estúdios Flow não deixa clara se o desligamento inclui todo o envolvimento de Monark com o Flow ou somente seu posto como apresentador, já que ele também é sócio.

A EXAME entrou em contato com Sergio Coelho, diretor dos Estúdios Flow, para perguntar se a participação societária do Monark continua, e recebeu uma confirmação de que o curitibano deixou a sociedade:

"Monark saiu, sim, da participação societária, mas você deve imaginar que não é uma parada que acontece do dia pro outro. Não é simples assim. Os advogados têm que agir, fazer um monte de coisa, mexer em um monte de pasta", disse Coelho em áudio.

*Com contribuição de André Lopes