App Line trará anúncios em vídeo, mas pagará para quem os assistir

Sistema aprimora a tática do Facebook, 'beneficiando' anunciantes e usuários; batizado de Line Free Coin, começará a ser testado em 2014

Seguindo a tática do Facebook, o app de mensagens Line revelou nesta sexta-feira que também trará anúncios em vídeo à interface do usuário. Mas a tática, que entrará em testes em 2014, será um tanto diferente, já que o serviço pagará a quem assistir aos clipes.

O sistema se chamará “Line Free Coin”, e, segundo o anúncio oficial, será introduzido primeiro em sete países asiáticos – o aplicativo é bem popular na região. De acordo com o The Next Web, usuário de Japão, Taiwan, Hong Kong, Tailândia, Indonésia, Malásia e Singapura receberão Line Coins por assistir aos comerciais veiculados no programa.

Não há informações sobre a quantia que será paga a cada pessoa. No entanto, é bem provável que a tática agrade bem mais do que a adotada pelo Facebook – que ajuda apenas os anunciantes e “atrapalha” os usuários.

Um representante do Line disse ao Next Web que o dinheiro virtual obtido poderá ser usado para comprar pacotes de stickers, jogos no Line e conteúdos digitais ainda não divulgados.

O aplicativo – Lançado no Brasil em 2013 para concorrer com os populares WhatsApp e Viber, o app de mensagens tem versões para Android, iOS, Windows Phone, BlackBerry, smartphones da linha Asha da Nokia e desktops. No mundo, conta com mais de 300 milhões de usuários, mas a maior parte ainda está concentrada na região da Ásia.

Além de mensagens de texto, fotos e de voz, o programa permite fazer chamadas usando a rede de dados, como no Viber. Traz também uma série de stickers, que são basicamente “emoticons mais elaborados” e foram adotados posteriormente pelo Facebook no Messenger.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.