Jogo clássico do Windows completa 30 anos e ainda tem milhões de jogadores

Paciência (ou Solitaire) foi lançado em 1990 junto com o Windows 3.0 e pode ser um grande exemplo de gamificação

Esta sexta-feira (22) marca o aniversário de 30 anos de um jogo clássico do Windows, o Paciência (ou Solitaire, em inglês). Lançado em 1990 junto com a versão 3.0 do sistema operacional, o game ainda é jogado por mais de 35 milhões de pessoas a cada mês.

O jogo se tornou um dos símbolos do sistema operacional e está disponível em mais de 200 mercados, tendo suas instruções e comandos traduzidas para 65 idiomas diferentes. É o jogo mais famoso do Windows, superando clássicos como FreeCell, Campo Minado e Pinball.

De certa forma não seria incorreto dizer que Paciência talvez seja um dos maiores exemplos de gamificação. O passatempo virtual foi incluído no sistema operacional como uma forma de ajudar as pessoas a se acostumarem com uso do mouse. Três décadas depois é possível dizer que o experimento funcionou.

Desenvolvido por Wes Cherry, um programador que trabalhava com estagiário da Microsoft na época. Com comandos e dinâmica simples, o objetivo do jogo era criar pilhas de cartas do menor para o maior valor e depois separá-las de acordo com o naipe.

Ponto curioso é que o título chegou a ter um recurso para enganar chefes no ambiente de trabalho. Um comando permitia criar uma planilha falsa dados no lugar da tela do jogo. A artimanha, porém, foi barrada pela Microsoft.

Já o Windows 3.0 é a primeira versão realmente popular do sistema operacional da Microsoft. Foram comercializadas mais de 10 milhões de cópias da plataforma.