Tecnologia

Instituto considera feito sobre ondas digno de Nobel

Danzmann considerou que esta foi uma das descobertas científicas mais importantes nos últimos anos, comparável com a determinação da estrutura do DNA

Dr. Kip Thorne of Caltech, um dos autores do estudo (REUTERS/Gary Cameron)

Dr. Kip Thorne of Caltech, um dos autores do estudo (REUTERS/Gary Cameron)

DR

Da Redação

Publicado em 11 de fevereiro de 2016 às 15h02.

Berlim - O diretor do Instituto Max Planck de Física de Hannover (norte da Alemanha), Karsten Danzmann, considera que a descoberta das ondas gravitacionais é um fato que merece o Prêmio Nobel.

"Tem potencial de Nobel, não há dúvida disso", disse Danzmann em entrevista à "BBC".

Danzmann considerou que esta foi uma das descobertas científicas mais importantes nos últimos anos, comparável com a determinação da estrutura do DNA.

"Os cientistas procuravam há décadas ondas gravitacionais, mas só agora dispomos de tecnologias incrivelmente precisas para detectar esse eco extremamente fraco do universo", disse Danzmann em comunicado.

Além disso, destacou a cooperação internacional que tornou possível a descoberta da qual participou a Sociedade Max Planck.

No desenvolvimento das tecnologias que tornaram possível a descoberta foi essencial uma cooperação entre o Max Planck e várias instituições britânicas,

A diretora do Instituto Max Planck de Potsdam, Alessandra Buonanno, disse que o próprio Einstein tinha dúvidas de que algum dia pudesse ser demonstrada a existência das ondas gravitacionais, mas acrescentou que certamente não teria nada contra se estivesse errado. EFE

Acompanhe tudo sobre:AlemanhaBBCEmpresasEuropaNobelPaíses ricosPrêmio Nobel

Mais de Tecnologia

Este recurso valioso da Apple foi criado por estagiário; saiba como

Presos no espaço, astronautas da Nasa enfrentam problema em cápsula espacial da Boeing

Starlink, de internet via satélite, lança versão Mini; saiba o preço e disponibilidade

IDC estima que a Apple venderá menos de 500 mil unidades do Vision Pro em 2024

Mais na Exame