Instagram lança no Brasil versão do app para celulares com pouca memória

Instagram Lite tem apenas 2 MB, ocupa menos espaço no smartphone e consome menos dados.

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia. 

O Instagram lança nesta terça-feira, 6, o app Instagram Lite no Brasil, apropriada para celulares com baixa capacidade de armazenamento e memória.

O Instagram Lite está disponível apenas para celulares Android e é ideal para usuários que precisam deletar fotos, conteúdos ou mesmo outros aplicativos com frequência, tendo que escolher quais deixar no smartphone.

A versão também tem consumo de banda reduzido, permitindo melhor uso para usuários que têm restrição de banda, como pacotes de dados limitados ou acesso a internets de menor velocidade, como 2G ou 3G.

De acordo com Nicholas Brown, gerente de produto global do Instagram, o Instagram Lite, que já está disponível em 170 mercados pelo mundo, foca em prover acesso ao mesmo tempo que mantém a experiência de uso do Instagram "tradicional".

"Muitos usuários estão conscientes de seus problemas de espaço e armazenamento e gerenciam isso diariamente. Construir algo muito menor, que ocupa menos espaço no smartphone, encoraja as pessoas a manter o Instagram em seus aparelhos e isso é importante para nós", explica.

O foco do app são mercados emergentes, em países como Brasil, Índia, Indonésia, Filipinas, Egito ou Turquia, onde há grande parte da população conectada por dispositivos que têm menor capacidade de armazenamento ou uma parcela da população que poderá se conectar nos próximos anos. Por esse mesmo motivo, o app não está disponível para iOS, o sistema dos iPhones, celulares que são mais caros e têm menor fatia desses mercados.

Brown explica que pessoas com pacotes de internet limitados e caros, que precisam ligar e desligar suas conexões, também estão entre as pessoas que o Instagram quer atingir.

Segundo Gal Zellermayer, gerente de engenharia de software do Instagram, o Lite tem apenas 2 MB e utiliza a maior parte dos servidores do Facebook para funcionar. "Isso provê uma melhor experiência de download, mais rápida e com maiores taxas de sucesso", disse.

Por conta de ser um aplicativo ainda em desenvolvimento e menor, algumas funções de criação e conteúdo podem não estar inteiramente disponíveis: há suporte limitado para o IGTV, por exemplo, e pode ser que alguns filtros não esteja disponíveis, por exemplo.

Muitos usuários devem começar a receber mensagens, caso acessem o Instagram no navegador de um smartphone nos próximos dias, para baixarem o Instagram Lite. A empresa irá iniciar também uma campanha para permitir que usuários saibam da chegada do novo app.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.