Tecnologia

Instagram está implementando 'live' apenas para melhores amigos

Novo recurso quer permitir que usuários fiquem mais à vontade para abrir transmissões ao vivo

Lives restritas: apenas amigos próximos podem ver

Lives restritas: apenas amigos próximos podem ver

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 20 de junho de 2024 às 14h33.

Última atualização em 20 de junho de 2024 às 14h40.

A partir desta quinta-feira, 20, o Instagram começa pelo mercado americano a introduzir uma nova funcionalidade para que os usuários possam interagir via transmissão ao vivo com um grupo restrito de amigos e seguidores.

Funcinando como uma extensão dos "amigos próximo", as lives agora poderão permite limitar a visualização de transmissões ao vivo apenas para a lista restrita de autorizados. Até três outras pessoas poderão participar dessas transmissões mais íntimas.

OpenAI melhora processo de recrutamento por temer espiões chineses

Essa atualização pode auxiliar usuários na organização de viagens, colaboração em tarefas escolares ou apenas para manter o contato. Além disso, influenciadores podem utilizar a funcionalidade para hospedar transmissões ao vivo privadas, possivelmente para um público pagante.

Desde novembro, os usuários podem limitar o alcance de postagens e Reels aos Amigos Próximos.

Conheça as IAs "mais bonitas" do mundo

Segundo o Instagram, há uma demanda crescente por formas de conexão mais privadas entre amigos e seguidores, evidenciada pela popularidade de recursos como DMs, Amigos Próximos e Notas.

O Instagram também destacou alguns aspectos menos conhecidos do recurso Notas, introduzido recentemente. Agora é possível postar um vídeo como uma nota, substituindo temporariamente a foto do perfil. Além disso, ao desejar feliz aniversário a um amigo em uma nota, haverá uma animação de confetes quando forem incluídas palavras relacionadas a aniversário.

Por fim, o Instagram atualizou o feed, permitindo que os usuários adicionem música a postagens em carrossel que incluam vídeos. Até então, era possível adicionar música apenas em carrosséis compostos exclusivamente por fotos.

Acompanhe tudo sobre:Instagram

Mais de Tecnologia

Meta abre dados do Instagram para estudo do impacto na saúde mental de adolescentes

O que é o Prime Day? Nos EUA, ele deve movimentar US$ 14 bilhões

Elon Musk decide transferir sedes da SpaceX e X para o Texas

81% da Geração Z no Brasil deixa de usar apps por preocupações com privacidade, diz pesquisa

Mais na Exame