Tecnologia

Homem diz ter perdido 12 quilos com Pokémon Go

É como se ele tivesse corrido 5 maratonas em 20 dias atrás dos monstrinhos. Veja relato


	Pokémon Go: jogo usa realidade aumentada e permite que os jogadores procurem monstros pelas ruas.
 (Reuters/Toru Hanai)

Pokémon Go: jogo usa realidade aumentada e permite que os jogadores procurem monstros pelas ruas. (Reuters/Toru Hanai)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 30 de julho de 2016 às 11h30.

São Paulo - O britânico Sam Clark afirma ter perdido nada menos do que 12 quilos caçando criaturas pelas ruas com o jogo febre do momento no mundo, o Pokémon Go.

O aplicativo, que usa realidade aumentada, permite que os jogadores procurem monstros por todos os cantos e tem provocado frenesi entre consumidores e investidores.

Em entrevista à rede americana CNN, Clarck diz que percorreu 227 quilômetros em 20 dias -- o equivalente a 5 maratonas -- em busca das 142 criaturas do jogo.

Com 32 anos e pai de quatro crianças, o britânico disse que a perda de peso lhe permitiu usar calças que "não usava há seis anos."

"Não dá para jogar sentado em casa sem fazer nada. A única maneira de jogar é sair e andar", contou.

Especialistas em saúde ouvidos pela CNN disseram que alegação de perda de peso do jogador pode ter sido um pouco "exagerada", mas concordam que caminhadas intensas ajudam, sim, a emagrecer.

Acompanhe tudo sobre:AppsPokémon GoSaúde

Mais de Tecnologia

Uber apresenta instabilidade no app nesta sexta-feira

Zuckerberg diz que reação de Trump após ser baleado foi uma das cenas mais incríveis que já viu

Companhias aéreas retomam operações após apagão cibernético

O que faz a CrowdStrike, empresa por trás do apagão cibernético

Mais na Exame