Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Hackers aproveitam falha do Windows para espionar Otan

Falha permitiu o acesso a computadores usando todas as versões do Windows para PC e servidores durante os últimos cinco anos

Washington - Hackers radicados na Rússia aproveitaram uma falha no sistema operacional Windows, da Microsoft, para espionar durante vários anos a Otan, governos europeus e outras organizações, segundo informe publicado nesta terça-feira.

O informe, elaborado pela empresa de cibersegurança iSIGHT Partners, revela que a falha, conhecida como "Sandworm", permitiu aos ciber-espiões acessar computadores usando todas as versões do Windows para PC e servidores durante os últimos cinco anos.

Os investigadores dizem que a Microsoft foi notificada sobre esta vulnerabilidade e nesta terça-feira liberou um programa de correção.

Segundo o relatório, a equipe de hackers aproveitou-se desta fragilidade e começou a operar em 2009, mas intensificou seus esforços no final de 2013, quando explodiu a crise na Ucrânia.

Entre os alvos dos hackers estavam a Otan, organizações governamentais ucranianas, governos da Europa ocidental, empresas europeias de setores energéticos e de telecomunicações, assim como instituições universitárias nos Estados Unidos.

Os cientistas observaram que muitos dos ataques "foram especificamente sobre o conflito da Ucrânia com a Rússia e temas geopolíticos mais amplos, vinculados à Rússia".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também