Google firma parceria com montadoras para carro autônomo

O Google iniciou discussões com montadoras e fornecedores para levar carros autônomos ao mercado em 2020

Detroit - O Google iniciou discussões com a maioria das principais montadoras do mundo e criou uma equipe de fornecedores para acelerar esforços para levar carros autônomos ao mercado em 2020, disse nesta quarta-feira um alto executivo.

"Seria negligente não falar com os maiores fabricantes de automóveis. Eles têm muito a oferecer", disse Chris Urmson, diretor do projeto de carro autônomo do Google, em entrevista antes de falar em uma conferência do setor.

Esses fabricantes incluem General Motors, Ford, Toyota, Daimler e Volkswagen.

"Para nós, chegar e dizer que podemos fazer melhor, seria arrogante", disse Urmson. O Google não determinou se vai construir seus próprios veículos autônomos ou atuar mais como fornecedora de sistemas e software para as montadoras.

Os protótipos dos carros do Google, declarou, foram construídos em Detroit pela empresa de engenharia Roush.

A expectativa de Urmson é que os primeiros veículos totalmente autônomos estejam prontos para produção em cinco anos, refletindo o ponto de vista expresso no dia anterior por outro empresário do Vale do Silício, Elon Musk, presidente-executivo da Tesla.

Musk falou na véspera na conferência Automotive News World Congress acreditar que a falta de regulamentação federal sobre carros autônomos atrase a introdução até 2022 ou 2023.

Urmson, no entanto, disse que seus colegas do Google "não viam quaisquer obstáculos regulatórios específicos." O Google tem conversado com a agência reguladora rodoviária norte-americana desde o início do projeto, disse Urmson.

"A pior coisa que poderíamos fazer é surpreendê-los." Urmson disse que o Google está desenvolvendo e refinando sistemas e componentes com fornecedores de autopeças como Continental, Robert Bosch, ZF e LG Electronics.

Os protótipos dos carros do Google usam microprocessadores feitos por Nvidia, fabricante de chips que também é fornecedora da Mercedes-Benz e de outras montadoras.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.