• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

Funcionários da Apple terão que comprovar 3º dose da vacina contra covid

A nova regra vale para trabalhadores do varejo e corporativo
 (Getty Images/Costfoto/Barcroft Media)
(Getty Images/Costfoto/Barcroft Media)
Por André LopesPublicado em 17/01/2022 10:41 | Última atualização em 17/01/2022 10:41Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A Apple planeja exigir dos funcionários das lojas e escritórios comprovantes que mostrem o esquema vacinal completo contra covid-19, e que incluam a terceira dose de um imunizante, informou o portal de notícias The Verge, citando um e-mail interno. O novo protocolo começa a partir do dia 24 de janeiro.

Para aqueles que não tomarem a vacina, a empresa vai cobrar testes negativos de covid-19 diariamente como condição para entrar nos locais de trabalho da Apple, segundo o relatório.

"Devido à diminuição da eficácia da série primária de vacinas Covid-19 e ao surgimento de variantes altamente transmissíveis, como Ômicron, uma dose de reforço agora faz parte da atualização da vacinação contra Covid-19 para proteger contra doenças graves", disse o comunicado.

Muitas empresas nos EUA vêm fortalecendo suas regras contra covid-19, obrigando a vacinação e adiando os planos de retorno ao escritório, pois a variante Ômicron aumenta as infecções em todo o país. A Meta Platforms, o Google da Alphabet, a Amazon.com foram algumas das companhias que adotaram medidas recentes.