Tecnologia

Facebook vai proibir anúncios que façam propaganda contra vacinas

Até agora o Facebook proibia anúncios com informações mentirosas sobre vacinas, permitindo a veiculação dos que manifestassem oposição contra vacinas

Facebook: nova política começará a ser aplicada nos próximos dias (Thomas Hodel/Reuters)

Facebook: nova política começará a ser aplicada nos próximos dias (Thomas Hodel/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 13 de outubro de 2020 às 20h52.

Última atualização em 13 de outubro de 2020 às 21h17.

O Facebook anunciou nesta terça-feira que vai começar a proibir anúncios que desencoragem as pessoas a se vacinarem.

A companhia afirmou que os anúncios que defendam ou sejam contra legislação ou políticas governamentais sobre vacinas, incluindo para covid-19, ainda serão permitidos. A nova política começará a ser aplicada nos próximos dias.

Até agora o Facebook proibia anúncios com informações mentirosas sobre vacinas, permitindo a veiculação dos que manifestassem oposição contra vacinas, desde que não tivessem informações falsas.

Acompanhe tudo sobre:FacebookFake newsVacinas

Mais de Tecnologia

Lançado há um ano, Threads ainda quer ser o novo Twitter

União Europeia emite advertência final para X sobre conteúdo perigoso

Samsung prevê salto nos lucros devido à demanda por chips de IA

Em pleno 2024, Japão consegue finalmente aposentar os disquetes; entenda por quê

Mais na Exame