eMule renasce das cinzas e ganha primeira atualização em uma década

Programa usado para compartilhar músicas e filmes era popular nos anos 2000 e caiu em desuso

A evolução da tecnologia tem nos deixado desacostumados. Com o uso intensivo de ferramentas de streaming como Spotify e Netflix, esquecemos que, há pouco tempo, o consumo de músicas e vídeos não era tão simples como hoje.

Durante os anos 2000, uma das formas mais populares de ter acesso (ilegal) a arquivos de mídia era o eMule. Baseado na tecnologia P2P, o programa facilitava a transmissão de arquivos do computador de um usuário a outro.

O eMule já tinha caído em desuso quando o modelo de torrent — que permite fragmentação de um arquivo para baixá-lo a partir de diferentes origens, com mais velocidade — conquistou os usuários.

Para a surpresa de muitos, no entanto, o eMule ganhou uma atualização. É a primeira mudança no programa desde abril de 2010, quando foi lançada sua versão mais "recente", a 0.50a.

A versão beta do novo eMule 0.60a, já disponível para Windows, traz, em geral, melhorias de segurança para o compartilhamento de arquivos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.