Em 2010, nº de celulares pode passar de 200 milhões

Vendas do natal devem confirmar quebra da marca histórica; país ultrapassou 197 milhões de linhas em novembro

O Brasil deve encerrar o ano com mais de 200 milhões de celulares. Até novembro, o mercado brasileiro já contabiliza 197 53 milhões de linhas ativas, conforme levantamento divulgado hoje pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Como dezembro é o melhor mês de vendas para as operadoras, por causa do Natal, essa marca deve ser facilmente ultrapassada, pois só em novembro ocorreram 3,09 milhões de novas habilitações. A Anatel destaca, também, que já há mais de um celular por habitante nas regiões Centro Oeste, Sudeste e Sul.

No ranking por tipo de plano de serviço, os celulares pré-pagos lideram. Dos 197,5 milhões de aparelhos, 162,4 milhões operam dentro do sistema pré-pago, o que representa 82,21% do total. Os pós-pagos somam 35,1 milhões de celulares, ou seja, 17,79% do total.

A partir deste mês, a Anatel divulga a consolidação dos números por tecnologia, o que permitirá acompanhar a evolução da banda larga móvel no Brasil, que no mês passado contabilizou 19,45 milhões de acessos ou 9,85% da base total de celulares. A líder nesse segmento é a Claro, com 39,83%. Na sequência, aparecem Vivo (32,10%), TIM (22,26%), Oi (5,47%), CTBC (0,33%) e Sercomtel (0,02%).

Ao analisar a base total de assinantes do Serviço Móvel Pessoal (SMP), contudo, a Vivo mantém a liderança, com 29,8%. A Claro aparece na vice-liderança (25,55%), seguida da TIM (24,91%) e Oi (19,38%). A CTBC detém 0,32% do mercado, a Sercomtel 0,04% e a Unicel, 0,01%.

Considerando o estoque de celulares ao final de novembro, o Brasil tem 101,96 celulares para cada cem habitantes, com maior densidade no Centro-Oeste, Sudeste e Sul do País. O Centro-Oeste tem 17.287.298 celulares, o que representa 121,83 terminais por cem habitantes. Na região Sudeste, que terminou novembro com 90.761.616 celulares, há 111,82 aparelhos por cem habitantes.

No Sul do Brasil, a Anatel contabiliza 29.485.707 telefones móveis, o que significa 105,28 celulares por cem habitantes. Na região Norte há 13.570.615 celulares, representando 85,93 aparelhos por cem habitantes. A região Nordeste tem 46.428.750 terminais móveis, o que resulta em média de 85,08 aparelhos por cem habitantes. Individualmente, a região de registro com a maior densidade de celulares é a área "71", ou seja, a região de Salvador (BA), onde há 150,57 celulares por cem habitantes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também