Defeitos na linha lideram reclamações para telefônicas

Anatel recebeu mais de 41 mil reclamações sobre telefonia fixa em 2010; cobranças indevidas lideraram o ranking de reclamações de celulares

Brasília – A falta de reparo nas linhas telefônicas defeituosas foi o que mais motivou reclamações de usuários da telefonia fixa à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em dezembro do ano passado. Na relação das queixas recebidas pela agência em dezembro, das 41,3 mil reclamações, 12,4 mil se referiam a linhas com defeito e 10,7 mil a cobranças indevidas.

Na telefonia celular e na TV por assinatura, problemas com a conta continuam motivando a maior parte das reclamações à Anatel. Das 68,5 mil queixas relacionadas à telefonia celular, 28,2 mil foram por causa de problemas com a cobrança e 5,9 mil por questões relacionadas a serviços adicionais.

Na TV por assinatura, chegaram à Anatel 7 mil reclamações em dezembro, sendo 2,6 mil relacionadas a problemas com a fatura e mil por consertos malfeitos ou não executados.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.