De olho no verão, Samsung lança ar condicionado sem vento

Dispositivos têm tecnologia que elimina 99,9% de vírus e bactérias e função de limpeza automática

A sul-coreana Samsung lança no Brasil nesta semana dois modelos de ar condicionado chamados Novo WindFree e o WindFree Plus. Diferentemente dos aparelhos convencionais, eles não geram vento, mas climatizam o ambiente com ar gelado mesmo assim.

Os dispositivos contam com 23 mil microfuros que fazem o ar sair gradativamente e atingir velocidade inferior a 0,15 m/s para não gerar uma corrente de vento perceptível.

Os novos aparelhos de ar condicionado também se destacam pela eficiência energética. Segundo a fabricante, eles entregam economia de 77% em relação ao consumo de energia de modelos convencionais.

Os aparelhos contam com filtros que são capazes de filtrar 99,9% de vírus e bactérias, tecnologia já presente em modelos anteriores da Samsung. A linha WindFree de 2020 também conta com uma função de auto-limpeza e é compatível com o sistema de conectividade SmartThings, da Samsung, que tem aplicativo disponível para smartphones Android e iPhones. Com isso, o usuário pode controlar o ar condicionado de casa onde quer que esteja, desde que tenha o app e uma conexão com a internet.

“A Samsung trabalha sempre para antecipar tendências e oferecer soluções que colaborem com o bem-estar e a saúde das pessoas. A tecnologia WindFree reflete esse ideal que temos como marca, bem como a iniciativa pioneira de trazê-la para o Brasil há três anos e agora de expandi-la a mais modelos de nosso portfólio de ar-condicionado. Queremos que as pessoas tenham experiências mais confortáveis em suas casas. Acabamos com o vento direto para proporcionar noites mais bem dormidas e fazemos isso também oferecendo economia de energia e conectividade. A Samsung dá um novo passo para um mercado que pede por inovação”, afirma Thiago dias, gerente sênior de ar-condicionado da Samsung Brasil, em entrevista à EXAME.

A companhia tem uma estratégia de casa conectada que envolve todos os produtos da divisão chamada Consumer Electronics para o mercado de consumo. O SmartThings agrega dispositivos como TVs Qled, Crystal UHD TV, geladeira Family Hub, aspirador-robô Powerbot e máquinas de lavar da linha Qdrive. Com isso, seja smartphone um Galaxy, um Android de qualquer marca ou um iPhone, você pode controlar todos os eletrônicos em um só aplicativo. Com essa estratégia, a Samsung almeja não só ser a empresa que está no seu bolso, mas a empresa que está em toda a sua casa.

Nesse mercado, a Samsung compete com a também sul-coreana LG, que conta com uma série de dispositivos conectados para o ambiente doméstico. A vantagem da criadora do ar condicionado WindFree é já ser a empresa que mais vende televisores no mercado nacional. Mundialmente, a Samsung lidera o segmento há 14 anos, segundo a consultoria IHS Markit.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.