Amazon lucra US$ 7,8 bi, mas resultado vem abaixo do esperado e ações caem

É a primeira vez desde o início da pandemia que a empresa publica resultados abaixo da expectativa do mercado
Centro de Distribuição da Amazon: gigante de e-commerce vendeu 113 bilhões de dólares no 2° trimestre (Amazon/Divulgação)
Centro de Distribuição da Amazon: gigante de e-commerce vendeu 113 bilhões de dólares no 2° trimestre (Amazon/Divulgação)
T
Thiago Lavado

Publicado em 29/07/2021 às 17:53.

Última atualização em 29/07/2021 às 18:15.

A Amazon divulgou fortes resultados financeiros no segundo trimestre do ano, mas, pela primeira vez desde que a pandemia começou, a empresa publicou números que vieram abaixo da expectativa do mercado.

O faturamento da empresa foi de 113 bilhões de dólares no período, pouco abaixo dos 115 bilhões esperados. O lucro foi de 7,8 bilhões de dólares. A Amazon afirma esperar vendas entre 106 e 112 bilhões de dólares no terceiro trimestre, com lucro operacional entre 2,5 e 6 bilhões.

O resultado abaixo do que era esperado pode apontar que a empresa esteja perdendo a dominância que estabeleceu durante a pandemia, quando houve um significativo aumento do consumo digital e do e-commerce, trazendo um fluxo grande de clientes e compras para a empresa.

O trimestre, cujas vendas subiram 27% em relação ao mesmo período de 2020, foi auxiliado pelo resultado do Prime Day, espécie de data comemorativa da empresa, que neste ano aconteceu em junho, enquanto nos anos anteriores era em uma data do terceiro trimestre.

Até o fechamento desta reportagem, as ações da Amazon caiam 6,8% nas negociações após o fechamento do mercado.