A Amazon quer ler a sua mão para realizar pagamentos

Nova tecnologia, chamada de Amazon One, permitirá pagamentos com a palma da mão

A gigante americana do varejo Amazon anunciou nesta terça-feira, 29, um novo produto para o seu portfólio --- além das Alexas e dos Kindles. A ideia da companhia, dessa vez, é alterar a forma de pagamento utilizada em algumas lojas.

Chamada de Amazon One, a tecnologia permitirá que o usuário pague as compras com a palma da mão. "A tecnologia é uma forma rápida, conveniente e sem contato para fazer atividades diárias, como pagar em lojas, apresentar um cartão de fidelidade, entrar em um local como estádios, ou até entrar no trabalho sem esforço", disse a empresa em um comunicado publicado em seu site oficial.

Amazon One: pagamento na palma da mão vai começar a funcionar em breve

Amazon One: pagamento na palma da mão vai começar a funcionar em breve (Amazon/Reprodução)

A princípio, a tecnologia será adotada somente nas lojas Amazon Go, em Seattle, nos Estados Unidos, e o objetivo é adicioná-la em outras lojas da varejista nos próximos meses e, em breve, comercializá-la para outras companhias.

O uso de pagamento por reconhecimento de biometria foi escolhido pela Amazon por "vários motivos importantes". "Uma das razões é que o reconhecimento de palma da mão é considerado mais privado do que outras alternativas porque você não pode determinar a identidade de uma pessoa com uma imagem da sua palma. E também pede que o indivíduo faça um gesto intencional ao colocar a palma acima do dispositivo. E é sem contato --- o que achamos que os consumidores vão apreciar, ainda mais nos tempos atuais", diz a varejista. "Usar a palma da mão como um identificador biométrico coloca o usuário em controle de como e quando eles usam o serviço", explica.

Como vai funcionar?

A Amazon afirma que usar a tecnologia vai "demorar menos de um minuto". Para começar, o usuário deve inserir o cartão de crédito na máquina da Apple One, passar a palma da mão sobre o dispositivo e seguir os passos para associá-la ao cartão. "Dessa forma, uma assinatura única será construída para você --- e você pode utilizar uma das mãos ou as duas", explica a varejista.

Em relação à segurança dos dados do usuário, a Amazon afirma que "o dispositivo é protegido por diversos controles de segurança e as imagens não são guardadas pela empresa". "Em vez disso, elas serão criptografadas e enviadas para uma área de segurança total", diz a Amazon. Se o usuário optar depois por não utilizar mais a tecnologia, é possível cancelar a biometria.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.