Tecnologia

69% dos brasileiros acreditam que seus aparelhos espionam suas conversas

Levantamento revela desconfiança dos brasileiros em relação à segurança digital

Publicado em 17 de junho de 2024 às 10h28.

Última atualização em 17 de junho de 2024 às 10h28.

Uma pesquisa realizada pela Sherlock Communications revela que 69% dos brasileiros desconfiam que seus dispositivos pessoais espionam suas conversas.

O levantamento, que contou com a participação de quase 3.500 entrevistados em seis países da América Latina, incluindo mais de 850 brasileiros, mostra que a desconfiança não se limita aos dispositivos pessoais. Cerca de 76% dos entrevistados temem que suas informações sejam vendidas por empresas sem autorização. Apenas 32% acreditam que as leis de proteção de dados realmente os protegem.

IA vira arma para hackers e empresas se encontram sem profissionais qualificados

André Duffles T. Aranega, consultor de segurança digital na Sherlock Communications, comenta que a desconfiança é uma constante quando se trata de privacidade e segurança na América Latina. "Apesar dos avanços recentes, os latino-americanos ainda expressam ceticismo quanto à eficácia das ações de empresas e governos na proteção de dados."

No campo da inteligência artificial, as preocupações também são significativas. Cerca de 63% dos brasileiros acreditam que a IA pode aumentar o risco de fraudes de dados, mas 70% dos entrevistados ainda veem a tecnologia como uma força transformadora positiva.

As preocupações com segurança e privacidade estão alterando os hábitos da população brasileira. Segundo o levantamento, 43% dos entrevistados limitam a quantidade de dados pessoais compartilhados online, 83% utilizam senhas fortes e 87% evitam clicar em links de mensagens não solicitadas.

Além disso, 74% dos entrevistados adotaram a autenticação em dois fatores e 51% utilizam um e-mail secundário para compras online.

Curiosamente, apenas 11% dos brasileiros relataram ter seus dispositivos roubados, a menor taxa entre os países pesquisados. Em contraste, 23% dos peruanos afirmam já ter passado por essa situação.

Conheça os principais laboratórios de IA do mundo

Acompanhe tudo sobre:SmartphonesHackers

Mais de Tecnologia

Startups asiáticas em queda: novas empresas enfrentam pior trimestre desde 2015

União Europeia acusa X de "enganar usuários" e pode aplicar multa pesada

Spotify vai adicionar seção de comentários em podcasts

Este recurso valioso da Apple foi criado por estagiário; saiba como

Mais na Exame