Netflix deve fazer novas demissões essa semana, diz revista

Com ações em baixa, streaming demitiu 150 funcionários em maio. Segundo a Variety, novas demissões serão realizada até o final dessa semana
 (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)
(Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)
M
Matheus Doliveira

Publicado em 20/06/2022 às 14:14.

Última atualização em 20/06/2022 às 14:15.

Depois de ter desligado 150 funcionários no mês de maio, a líder do streaming em vídeo Netflix estaria preparando uma nova rodada de demissões nesta semana, reportou a revista americana Variety nesta  segunda-feira 20.

De acordo com a Variety, as demissões fazem parte de uma nova política de corte de gastos da Netflix.

A reportagem da Variety não cita quantos funcionários seriam desligados e nem de quais departamentos, mas diz que os demitidos devem ser informados até esse final de semana.

Especula-se que o novo corte pode ser semelhante ao ocorrido em maio, quando o streaming demitiu 150 colaboradores, a maioria deles, baseados nos Estados Unidos. Na ocasião, a Netflix informou que poderia haver novas baixas ao longo do ano:

“Nosso crescimento de receita mais lento significa que também estamos tendo de diminuir o crescimento de custos como empresa”, disse um porta-voz da Netflix em maio. “Essas mudanças são impulsionadas principalmente pelas necessidades de negócios e não pelo desempenho individual, o que as torna especialmente difíceis", confirmou.

Em abril, a Netflix perdeu assinantes pela primeira vez desde sua fundação. 200 mil pessoas deixaram de usar a plataforma.

Com isso, as ações da empresa despencaram. Em janeiro, o papel era negociado por cerca de 600 dólares em Wall Street. Agora, o preço da ação gira em torno de 175 dólares.

VEJA TAMBÉM:

Os 10 melhores filmes originais Netflix, segundo o IMDB

Blonde: Netflix divulga primeiro trailer de filme sobre Marilyn Monroe