Morre cantor e compositor Erasmo Carlos, aos 81 anos

Ele já havia sido internado em setembro do ano passado após ter sido diagnosticado com covid-19
Nascido e criado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Erasmo Carlos foi um dos pioneiros do rock nacional (Guto Costa/Divulgação)
Nascido e criado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Erasmo Carlos foi um dos pioneiros do rock nacional (Guto Costa/Divulgação)
A
Antonio Souza

Publicado em 22/11/2022 às 13:16.

Última atualização em 22/11/2022 às 13:38.

Morreu na manhã desta terça-feira, 22, o cantor e compositor Erasmo Carlos, um dos maiores nomes da MPB. Conhecido como "Tremendão", o cantor estava internado no Hospital Barra D'Or, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A causa da morte ainda não foi divulgada. 

Erasmo já havia sido internado em setembro do ano passado após ter sido diagnosticado com covid-19. A morte foi confirmada pelo portal Gshow, em contato com uma integrante da família de Erasmo. Conhecido por ser um dos pioneiros do rock brasileiro, ele deixa três filhos.

Erasmo Carlos fala durante o 18º Latin Grammy Awards em 13 de novembro de 2018 (John Parra for LARAS/Getty Images)

Quem foi Erasmo Carlos?

Nascido e criado na Barra da Tijuca, o carioca Erasmo Carlos foi um dos pioneiros do rock nacional, ao lado de Roberto Carlos, seu grande parceiro na música. Junto com ele e Tim Maia, Erasmo fez parte de um grupo que posteriormente foi desfeito por conta de brigas entre os três.

Ao todo foram 50 anos de carreira e mais de 500 canções gravadas. Ao lado do "rei" e da cantora Wanderlea, "Tremendão" foi um dos principais representantes da Jovem Guarda, movimento musical e cultural dos anos 60 e 70.