Pop

Golpista 'rouba' viagem de US$ 15 mil de família nos EUA

Mulher americana postou dados de viagem no Facebook e bandido se aproveitou

Navio Carnival Celebration, operado pela Carnival Cruise Line

Navio Carnival Celebration, operado pela Carnival Cruise Line

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de junho de 2024 às 15h23.

Última atualização em 13 de junho de 2024 às 15h33.

Imagine o seguinte cenário: você planeja uma viagem maravilhosa com sua família, um cruzeiro inesquecível, mas sua reserva é cancelada repentinamente 48 horas antes da partida do navio. Pois foi isso que aconteceu com uma família de Kentucky, nos EUA.

Tiffany Banks, seu marido e filhos passaram um ano planejando uma viagem no navio Carnival Celebration, operado pela Carnival Cruise Line. No entanto, em uma postagem no TikTok, Tiffany disse que recebeu um e-mail da empresa informando que as duas excursões que ela havia reservado foram canceladas.

Quando ela ligou para a operadora de cruzeiros para obter mais detalhes, ela disse que foi informada de que sua cabine havia sido cancelada. As informações são do Business Insider.

“Pânico total”, diz Tiffany Banks no vídeo. “Há um ano que estávamos planejando essas férias, reservamos a Suíte Presidencial Excel”, que ela diz ser o maior quarto do navio Celebration. Banks disse que um funcionário da empresa disse a ela que “o sistema online foi conectado e cancelado”.

Como isso aconteceu?

Banks afirma no TikTok que sua família havia sido vítima de roubo de identidade depois que um golpista viu uma de suas postagens no Facebook que continha informações da reserva.

Ela disse que a pessoa abriu um perfil falso no site da Carnival, adicionou a reserva da família à sua conta e cancelou o cruzeiro dos Banks. Tiffany disse que a Carnival lhe ofereceu US$ 10 mil em crédito a bordo.

A americana disse que recusou a oferta e que a família não tinha interesse em fazer reservas novamente com a Carnival. Ao mesmo tempo, compartilhou o que ela alega serem conversas com um funcionário da Carnival.

Banks afirma que, depois de conversar por quase duas horas e meia com um representante da empresa, eles ofereceram dois quartos internos no lugar da suíte. “Eu simplesmente não consigo imaginar como eles acham que isso é certo”, disse Banks, acrescentando que a família investiu quase US$ 15 mil nas férias – de US$ 12 mil a US$ 13 mil para o quarto e o restante para voos e excursões.

Mesmo assim, a família decidiu ir para o porto no dia da partida do navio, mas teve que alugar um Airbnb em Miami porque a reserva ainda estava cancelada.

Acompanhe tudo sobre:NaviosTurismo

Mais de Pop

'House of the Dragon': veja as imagens do episódio 6 da 2ª temporada

'Peaky Blinders': as 10 frases mais icônicas de Thomas Shelby

Bob Newhart, comediante de 'The Big Bang Theory', morre aos 94 anos

Dia Internacional de Nelson Mandela: 7 curiosidades sobre a trajetória do líder sul-africano

Mais na Exame