Dia do Orgulho: os dez melhores filmes LGBT+, segundo o IMDb

Conheça os dez filmes LGBTQIA+ mais bem avaliados pelos usuários do site especializado em cinema IMDb (tem brasileiro na lista)
"Retrato de uma jovem em chamas": filme de 2019 é o mais bem avaliado do IMDb (Divulgação/Divulgação)
"Retrato de uma jovem em chamas": filme de 2019 é o mais bem avaliado do IMDb (Divulgação/Divulgação)
M
Matheus Doliveira

Publicado em 28/06/2022 às 13:28.

Última atualização em 28/06/2022 às 15:11.

Nesta terça-feira, 28 de junho, comemora-se o Dia Internacional do Orgulho LGBQIA+.

Para celebrar a data, a EXAME fez uma lista com os dez filmes dentro dessa temática mais bem avaliados no IMDB.

O Internet Movie Database (IMDb) é um site da Amazon especializado em cinema, televisão, música e games.

Dentro da plataforma, os usuários podem avaliar os filmes que assistem, dando notas que vão de zero a 10.

Com base nesse ranking, o IMDB possui uma lista com os dez melhores filmes LGBTQIA+, com obras lançadas nos cinema e nos streamings. Confira:

Melhores filmes LGBT+

1º - Retrato de uma Jovem em Chamas, 2019 (nota 8,1)

Marianne é uma jovem pintora na França do século 18, com a tarefa de pintar um retrato de Héloïse para seu casamento, sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo.

2º - Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (nota 7,9)

Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo que busca sua independência. Quando Gabriel chega em seu colégio, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade

3º - O Orgulho, 2017 (nota 7,8)

Neila Salah é uma jovem que cresceu em Creteil e sonha em ser advogada. Desde o primeiro dia de aula na renomada Faculdade de Direito de Paris, ela se depara com Pierre Mazard, um professor conhecido pela sua má conduta que, para se redimir, aceita ser seu mentor em um concurso. Porém, ambos precisam enfrentar seus preconceitos.

4º - Garotos, 2014 (nota 7,4) 

Sieger, um garoto tímido de 15 anos, está treinando para o campeonato nacional de revezamento, onde conhece o intrigante e imprevisível Marc. Eles desenvolvem uma amizade que parece ser nada fora do comum, mas Sieger secretamente cultiva sentimentos mais fortes por Marc. Ele inicia uma luta solitária consigo mesmo, quando descobre que Marc também é apaixonado por ele.

5º - Pequeno Gigante, 2019 (nota 7,2)

Franky Winter (Josh Wiggins) é um menino adolescente comum, popular na escola e namorando uma garota de quem gosta. Porém, tudo muda e Franky vê sua vida virar de cabeça para baixo quando ele e seu melhor amigo de infância ficam bêbados e se metem em um incidente na festa de aniversário de um colega.

6º - Orlando: A Mulher Imortal, 1992 (nota 7,1)

O nobre Orlando é condenado pela rainha Elizabeth I a permanecer eternamente jovem. O feitiço se cumpre e Orlando atravessa os séculos experimentando vidas, parceiros, sentimentos e mudanças de gênero.

7º - Boys Meets Girl, 2014 (nota 7)

Robby (Michael Welch) vive no Kentucky junto com Ricky (Michelle Hendley), seu amigo de infância que agora é uma garota transgênera. Com a falta de pessoas solteiras no local, Ricky considera namorar uma mulher e encontra Francesca (Alexandra Turshen), uma jovem que espera seu noivo voltar da Marinha. As duas icomeçam a se envolver e Robby precisa enfrentar o medo e afirmar seus sentimentos por Ricky.

8º - Você Nem Imagina, 2020 (nota 6,9)

Uma menina tímida ajuda o atleta da escola a conquistar uma garota de quem, secretamente, os dois gostam. Eles acabam se conectando e aprendendo sobre a natureza do amor.

9º - Minha Adorável Lavanderia, 1985 (nota 6,8)

O paquistanês Omar pede ao tio para administrar uma lavanderia em Londres. Porém, quando o jovem é atacado por um grupo de punks racistas percebe que o líder da gangue é seu ex-namorado, Johnny. Eles decidem ficar juntos, mas enfrentam preconceitos.

10º - In & Out, 1997 (nota 6,4)

Howard Brackett é professor em uma cidadezinha de Indiana. Sua vida muda da noite para o dia quando uma estrela de Hollywood, que nasceu no mesmo lugar, diz que ele é homossexual diante de uma audiência de milhões de pessoas.
LEIA TAMBÉM: