A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Tesla bate recorde de vendas e cresce 72,3% em relação a 2020

Nem mesmo as crises no mercado chinês e a falta de fornecimento de peças foram capazes de frear resultados da marca

E não é que a Tesla bateu novo recorde de venda com os carros elétricos — justamente quando a indústria automotiva sofre pela falta de semicondutores? E, por mais que a empresa americana também tenha sofrido com problemas de fornecimento e atrasos nas entregas, foi capaz de comercializar 241.300 unidades entre julho e setembro (72,3% mais que no mesmo período de 2020).

Não foi apenas em relação ao ano passado que o desempenho chamou a atenção: a Tesla vendeu 16,9% mais que no segundo semestre de 2021, que, até então, detinha o recorde. Esse fôlego também indica que o mercado voltou otimista no pós-pandemia e, considerando os bons resultados, é possível que o fabricante realmente consiga alcançar a meta de 1 milhão de carros vendidos em 2021.

Foram comercializadas 627.350 unidades desde janeiro — mas, no primeiro trimestre, o volume estava 30,57% abaixo dos últimos três meses —, sendo que os modelos de entrada Model 3 e Model Y levaram boa parte desse bolo. Para ter ideia, apenas no terceiro trimestre, ambas as opções somaram 232.025 unidades vendidas, ante 9.275 unidades dos modelos topo de linha Model S e Model X.

E chega a ser surpreendente o crescimento diante das dificuldades enfrentadas pela Tesla nos últimos meses: das questões de confiabilidade na China (que inclui o recall de quase todos os carros vendidos por lá) à suspensão de fornecimento de componentes para reduzir o consumo de energia. Pelo menos há uma pitada de otimismo: o Model 3 já é mais barato que os rivais a gasolina nos EUA.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também