Negócios

Shopee ultrapassa Amazon e se torna segundo e-commerce mais acessado do Brasil em maio; veja a lista

Resultado só ficou inferior ao do mês de janeiro, quando houve 1,17 bilhão de acessos

Shopee inaugura 11º centro de distribuição no Brasil (Shopee/Divulgação)

Shopee inaugura 11º centro de distribuição no Brasil (Shopee/Divulgação)

Daniel Giussani
Daniel Giussani

Repórter de Negócios

Publicado em 21 de junho de 2024 às 17h37.

Última atualização em 21 de junho de 2024 às 18h55.

O mês de maio foi o segundo com o maior número de acessos em marketplaces no Brasil neste ano. Ao longo do mês, brasileiros acessaram 1,12 bilhão de vezes sites como Mercado Livre, Shopee e Amazon. É o que aponta o Relatório Setores do E-commerce no Brasil, produzido pela Conversion.

Impulsionado pelo Dia das Mães, o resultado só ficou inferior ao do mês de janeiro, quando houve 1,17 bilhão de acessos.

As marcas também cresceram. O Mercado Livre passou de 340,3 milhões de acessos para 363 milhões, uma alta de 6,6%. A segunda colocada, Shopee, ficou com 201 milhões de visitas, um aumento de 10,8% em relação a abril.

Aliás, foi a primeira vez que a Shopee ultrapassou a Amazon Brasil na quantidade de acessos.

A empresa americana permanece perto, porém, com 195 milhões de acessos, 3,4% mais do que em abril.

Veja a lista dos marketplaces mais acessados em maio

  • 1) Mercado Livre (363 milhões de acessos)
  • 2) Shopee (201 milhões de acessos)
  • 3) Amazon Brasil (195 milhões de acessos)
  • 4) OLX (119 milhões de acessos)
  • 5) Magazine Luiza (116 milhões de acessos)
  • 6) Casas Bahia (48 milhões de acessos)
  • 7) Americanas (27 milhões de acessos)
  • 8) Elo7 (13 milhões de acessos)
  • 9) Havan (7 milhões de acessos)
  • 10) Ponto (6 milhões de acessos)

Faturamento do e-commerce em maio

O relatório também apresenta dados de faturamento do e-commerce obtidos pela Conversion a partir dos dados da Venda Válida. O levantamento revela que, em maio, o faturamento seguiu uma tendência de crescimento, assim como o número de acessos, subindo 7,2% e mantendo a tendência de alta iniciada em março, impulsionada pelo Dia da Mulher.

Essa tendência, aliás, deve continuar em junho, com o Dia dos Namorados e, seguindo as perspectivas do presente, também pode chegar a julho, com as vendas para as férias de inverno em boa parte do país.

Acompanhe tudo sobre:ShopeeMercado LivreAmazon

Mais de Negócios

No lugar do call center, IA que cobra dívidas fecha mais de R$ 54 milhões em acordos em três meses

De olho na Agenda 2030, a Cedro Participações avança em seus compromissos ESG

Destruída pelas águas, indústria de vidros do RS vai se reerguer em novo local — agora, longe do rio

Criada na Bayer e investida da Yara, Bravium e Itaú BBA, essa startup quer ser o marketplace do agro

Mais na Exame