Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

SBT, Record TV e RedeTV! sairão do ar na TV paga

As emissoras não querem mais oferecer de graça o sinal digital para as operadoras

Modo escuro

Televisão por assinatura: apagão de canais abertos (Reprodução/ThinkStockPhotos/Thinkstock)

Televisão por assinatura: apagão de canais abertos (Reprodução/ThinkStockPhotos/Thinkstock)

C
Camila Pati

Publicado em 25 de março de 2017, 11h37.

Última atualização em 29 de março de 2017, 14h54.

São Paulo - SBT, Record e a RedeTV estão de saída da TV paga. A programação desses canais deixará de ser exibida nas operadoras NETClaroEmbratelVivoOi Sky no mesmo dia em que o sinal analógico será desligado em São Paulo, nesta quarta-feira, dia 29.

A notícia veio em comunicado veiculado na TV ontem à noite e no centro do desacordo estão os direitos de transmissão do sinal digital.

As emissoras - que são sócias em uma joint-venture, a Simba - não querem mais oferecer de graça o sinal digital para as operadoras. Clientes da TV paga só terão acesso aos canais através de antena de sinal digital ligada aos televisores.

Os sites das emissoras também já trazem a informações: SBT, Record e RedeTV, onde a notícia é dada pelo próprio dono, Marcelo de Carvalho. Apesar de a Embratel ser mencionada na nota oficial, a sua TV por assinatura, a Via Embratel, foi absorvida pela Claro TV faz tempo.

Confira o texto completo do comunicado oficial transmitido pelas emissoras:

"Informamos que a partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico de televisão será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, RedeTV! e SBT deixarão de exibir simultaneamente suas programações nas operadoras pagas NET, Claro, Embratel, Vivo, Oi e Sky.
 
Estas empresas ainda não concordaram em pagar pelos direitos de transmissão do sinal digital de Record TV, SBT e RedeTV!, ao contrário do que já fazem com canais estrangeiros e com outras emissoras nacionais. 
 
Juntas, as três emissoras detêm grande parte da audiência da TV aberta e paga.
 
Lamentamos não termos chegado a um acordo com as operadoras, porque quem perde com isso é o público brasileiro.
 
Faremos todos os esforços para que nossa programação esteja no seu pacote de TV por assinatura.
 
Esclarecemos que a TV aberta continua gratuita e, agora, com qualidade digital".

 

 

 

Últimas Notícias

ver mais
Dia dos Namorados: estas 6 dicas vão ajudar sua empresa a vender mais na data
seloNegócios

Dia dos Namorados: estas 6 dicas vão ajudar sua empresa a vender mais na data

Há 5 horas
Na era das deepfakes, QI Tech aprimora reconhecimento facial para evitar golpes
seloNegócios

Na era das deepfakes, QI Tech aprimora reconhecimento facial para evitar golpes

Há 5 horas
Conheça Ryan Breslow, um dos dez bilionários mais jovens do mundo, único não herdeiro
seloNegócios

Conheça Ryan Breslow, um dos dez bilionários mais jovens do mundo, único não herdeiro

Há 7 horas
Elon Musk ultrapassa Bernard Arnault e se torna a pessoa mais rica do mundo
seloNegócios

Elon Musk ultrapassa Bernard Arnault e se torna a pessoa mais rica do mundo

Há 19 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais