Sara Blakely segue Gates e Buffett e doará metade da fortuna

Empresária está entre os nove novos participantes do The Giving Pledge, grupo de ricaços que doa metade do que tem para filantropia

São Paulo – Criado por Warren Buffett, Melinda e Bill Gates, o The Giving Pledge reúne bilionários dispostos a investir metade de suas fortunas em causas sociais ao longo de suas vidas – um clube seleto que acaba de ganhar nove novos signatários. Entre eles, está Sara Blakely, a jovem de 42 anos que estreou na lista da Forbes em 2012 ao faturar 1 bilhão de reais com a sua empresa de lingerie Spanx.

Antes da decisão, Sara consultou seu filho, de pouco mais de três anos. A empresária disse a ele que ia dar pelo menos metade de seu dinheiro para filantropia e que esperava que um dia ele entendesse e concordasse que a ela tinha feito a coisa certa. A resposta a deixou sem dúvidas de seguir em frente: "Está bem, mamãe", disse ele, "podemos fazer um quebra-cabeça agora?"

Com Sara e os outros estreantes, a o The Giving Pledge contará com 114 participantes.

Os estreantes

Na lista dos outros oito novos signatários estão dois homens que não são americanos: Lord Ashcroft, britânico controlador de várias empresas no Reino Unido e ex-vice-presidente do Partido Conservador da Grã-Bretanha, e Samuel Yin, de Taiwan, dono do conglomerado Ruentex, cujo valor de mercado é estimado em 2 bilhões de dólares.

Yin, por sinal, se mostrou bem generoso em sua chegada ao clube. Ele planeja dar 95% de tudo o que ganha para a caridade – muito mais que “apenas” 50% como os outros.

Joseph Craft, dono da empresa de carvão Alliance Resource Partners (ARLP), é um dos que signatários de origem humilde que está no plano. Segundo ele, "os princípios básicos da empresa americana, de trabalho duro, disciplina financeira e parceria com grandes pessoas, permitiram a ele estar em posição de fazer a promessa de doar metade de seus ganhos".

Dois casais, Monica e David Gelbaum, donos da Entech Solar (ENSL) e Craig McCaw e Susan, ele fundador da McCaw Cellular e ela ex- embaixadora dos EUA para a Áustria, também entraram para o The Giving Pledge.

Paul Singer, fundador da Elliott Management Corp, empresa de comércio que administra um patrimônio de 21 bilhões de dólares, e Stephen M. Ross, dono da Miami Dolphins, são outros dois novos signatários.

Por último, estreou no grupo ainda o casal Mark e Mary Stevens. Ele foi sócio da empresa de capital de risco Sequoia Capital do Vale do Silício e, com a esposa, decidiu que doar metade da fortuna seria uma maneira de não inibir os “sonhos e motivações” dos três filhos. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também