Negócios
Acompanhe:

Repsol prevê aumentar produção anual entre 3% e 4% até 2015

Alta deve deixar empresa com mais de 275 milhões de barris por ano

Repsol: reforço no caixa deve ir para investimentos e melhoria na dívida (Philippe Desmazes/AFP)

Repsol: reforço no caixa deve ir para investimentos e melhoria na dívida (Philippe Desmazes/AFP)

D
Da Redação

Publicado em 15 de abril de 2011, 11h00.

Madri - A companhia petrolífera Repsol prevê aumentar entre 3% e 4% ao ano sua produção no período 2011-2015, com mais de 275 milhões de barris equivalentes de petróleo (Mbep) ao ano.

Em uma apresentação remetida à Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola, Repsol aponta que espera ter nesse período uma taxa de substituição de reservas de 110% e destaca novos projetos de petróleo e gás que irão entrar em funcionamento no Brasil, Peru, Bolívia, Venezuela e Argélia.

Segunda a empresa, o previsível aumento de caixa será destinado a financiar investimentos, aumentar dividendos e melhorar sua dívida.

Em seu discurso diante da junta de acionistas desta sexta-feira, o presidente de Repsol, Antonio Brufau, ressaltou que o desejo da companhia é continuar investindo com força em projetos de prospecção.

Repsol acrescenta que está "posicionada" para crescer com upstream (prospecção e produção) como "motor" e destaca sua "sólida" posição financeira e a "otimização" de seus ativos.

A junta vota nesta sexta-feira o pagamento de dividendo complementar de 0,525 euros brutos por ação.

Este dividendo, que será pago em 7 de julho, se somará ao pago em janeiro pela mesma quantia, 0,525 euros.