Por coronavírus, Samsung paralisa fábrica na Coreia do Sul

Fábrica localizada na cidade de Gumi, cerca de uma hora ao norte de Cheongdo, deve retomar as operações na segunda-feira

A Coreia do Sul registrou 229 novos casos de coronavírus no sábado, 22,  aumentando o medo de uma pandemia global , enquanto a Samsung, a empresa coreana que é a maior fabricante de smartphones do mundo, paralisou uma fábrica depois que um trabalhador deu positivo para o vírus, informou o NY Times.

A fábrica da Samsung, localizada na cidade de Gumi, cerca de uma hora ao norte de Cheongdo, deve retomar as operações na segunda-feira de manhã, disse a Samsung. Mas área onde o paciente trabalhou ficará fechada até terça-feira de manhã.

“A saúde e a segurança de nossos funcionários são nossa maior prioridade”, afirmou a empresa em comunicado. “A empresa planeja implementar todas as medidas necessárias para desinfecção e contenção imediatamente.”

A fábrica de Gumi abastece principalmente o mercado interno. A empresa também produz seus smartphones em fábricas no Vietnã e na Índia.

Com os novos casos na Coreia do Sul, o número total de infectados no país subiu para 433.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.