Lucro da SABMiller aumenta 23% no primeiro semestre

Fabricante de bebidas lucrou US$ 1,38 bilhão, de US$ 1,12 bilhão no mesmo período do ano passado
A SABMiller recomendou um dividendo de US$ 0,215 por ação, 10% acima do US$ 0,195 do mesmo período do ano passado (Sean Gallup/Getty Images)
A SABMiller recomendou um dividendo de US$ 0,215 por ação, 10% acima do US$ 0,195 do mesmo período do ano passado (Sean Gallup/Getty Images)
Á
Álvaro CamposPublicado em 17/11/2011 às 08:57.

Londres - A fabricante de bebidas SABMiller informou hoje que seu lucro líquido no primeiro semestre cresceu 23%, para US$ 1,38 bilhão, de US$ 1,12 bilhão no mesmo período do ano passado. O lucro antes de juros, impostos e amortização (Ebita, na sigla em inglês) aumentou 10%, para US$ 2,70 bilhões, de US$ 2,47 bilhões. Analistas previam Ebita de US$ 2,72 bilhões. A receita do grupo, que inclui as de empresas associadas e joint ventures, cresceu 10%, para US$ 15,69 bilhões, de US$ 14,24 bilhões.

Segundo a SABMiller, os resultados no período foram impulsionados pela demanda robusta nos mercados emergentes, mas a cervejaria disse que o ambiente de consumo permanece desafiador em países desenvolvidos e alertou que os custos das commodities estão subindo. Os mercados emergentes respondem por cerca de 80% dos lucros da companhia. "A América Latina e a África ainda estão fortes e nós não vemos nenhum sinal de contágio" com a crise na zona do euro, comentou o executivo-chefe do grupo, Graham Mackay.

O Ebita na Ásia, África e América Latina, em uma base orgânica, com câmbio constante, aumentou 29%, 23% e 16%, respectivamente. Entretanto, na América do Norte e Europa, o Ebita caiu 6%.

A SABMiller recomendou um dividendo de US$ 0,215 por ação, 10% acima do US$ 0,195 do mesmo período do ano passado.

Separadamente, a companhia anunciou que vai investir US$ 260 milhões na África e US$ 295 milhões no Peru, para elevar a capacidade de suas cervejarias. As informações são da Dow Jones.