Negócios

Lucro da Galp cai 42% com fraco desempenho em refino

O lucro da estatal portuguesa caiu para 57 milhões de euros no terceiro trimestre de 2013


	Sede da Galp, em Portugal: pelo lado positivo, a Galp ressaltou as vendas de gás natural
 (Divulgação/GALP)

Sede da Galp, em Portugal: pelo lado positivo, a Galp ressaltou as vendas de gás natural (Divulgação/GALP)

DR

Da Redação

Publicado em 28 de outubro de 2013 às 06h24.

Lisboa - O lucro líquido ajustado da petroleira portuguesa Galp Energia teve uma queda superior à prevista de 42,3 por cento, para 57 milhões de euros no terceiro trimestre de 2013, informou a empresa nesta segunda-feira.

"Esta evolução deveu-se essencialmente ao aumento das amortizações e provisões no negócio de Refinação e Distribuição e à deterioração dos resultados financeiros, que desde o segundo trimestre de 2013 são impactados pela não capitalização dos juros relacionados com o projeto de conversão", disse a petroleira em comunicado.

A média das estimativas dos analistas apontava para um lucro ajustado de 72 milhões de euros entre julho e setembro.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), também ajustado, teve uma leve alta de 0,8 por cento ante um ano atrás para 312 milhões de euros, e ante expectativa média de 301 milhões.

Entre julho e setembro deste ano, a margem de refino da Galp ficou em 1,7 dólar por barril, ante 4,4 dólares em igual período de 2012.

Pelo lado positivo, a Galp ressaltou que "as vendas de gás natural no período foram de 1.971 milhões de metros cúbicos, tendo o segmento de negociação nos mercados internacionais atingido o máximo histórico de 1.014 metros cúbicos".

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas portuguesasGalpIndústriaIndústria do petróleoIndústrias em geralLucro

Mais de Negócios

Méliuz vira sócia de startup mineira para deixar o cliente cada vez mais fiél

Precavida Brasil quer expandir atuação no mercado nacional de precatórios

EXCLUSIVO: Suzano investe US$ 5 milhões em startup canadense que desenvolve hidrogel com eucalipto

Marqueteiro por trás dos copos Stanley retorna à Crocs

Mais na Exame