LAN Airlines tem lucro US$ 320,2 milhões em 2011

Balanço tem queda de 23,7% em comparação com os US$ 419,7 milhões do exercício de 2010

São Paulo - A chilena Lan Airlines, que está em processo de fusão com a brasileira TAM, registrou lucro líquido de US$ 320,2 milhões em 2011, queda de 23,7% em comparação com os US$ 419,7 milhões do exercício de 2010. Segundo a companhia, o resultado se deve principalmente ao impacto do processo de reestruturação da operação na Colômbia e a nuvem de cinza vulcânica que interrompeu o trafego aéreo em grande parte da região, bem como o impacto dos preços de combustíveis mais elevados, que não foram totalmente compensados pelos mecanismos de sobretaxa de combustível.

A receita operacional liquida totalizou US$ 539,7 milhões no ano passado, recuo de 13,4% em comparação com US$ 622,9 milhões do exercício de 2010. A margem operacional foi de 9,4%, ou 4,4 pontos a menos que em 2010 (13,8%).

No quarto trimestre de 2011, a LAN registrou lucro liquido de US$ 112,5 milhões, representando um recuo de 31,6% em relação aos US$ 164,6 milhões registrados durante o mesmo período de 2010. O resultado operacional atingiu US$ 169,5 milhões, queda de 19,6% ante os US$ 210,7 milhões no quarto trimestre de 2010. A margem operacional foi de 11,0%, decréscimo de 5,2 pontos porcentuais em relação aos 16,2% a igual intervalo de 2010.

A receita total durante o quarto trimestre atingiu US$ 1,535 bilhão, alta de 17,9% frente aos US$ 1,302 bilhão alcançados no quarto trimestre de 2010.

Segundo a companhia, a alta ocorreu por causa do aumento de 20,8% nas receitas de passageiros e 15,8% nas receitas de carga. "O crescimento da receita continua refletindo a forte demanda nas operações de carga e passageiros. As receitas de passageiros e carga representaram, respectivamente, 69,9% e 27,9% da receita total no quarto trimestre de 2011", diz a empresa, em comunicado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.