A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

No esquenta da Black Friday, vendas disparam 31% e chegam a R$ 2,8 bi

Pesquisa elaborada pela NielsenIQ|Ebit mostra um aumento no volume de vendas, tíquete médio e mostra categorias preferidas dos brasileiros no e-commerce às vésperas da Black Friday 2021

Às vésperas da Black Friday, que acontece na próxima sexta-feira, 26, os consumidores já mostram um interesse maior em comprar. De acordo com um levantamento da consultoria NielsenIQ|Ebit, as vendas no e-commerce entre os dias 18 e 24 de novembro, que antecedem a data, já totalizam 2,8 bilhões de reais, um salto de 31% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Quer dar um upgrade no seu currículo? Confira os cursos com descontos na Black Friday da EXAME Academy

O valor que as pessoas estão dispostas a gastar próximo da data também cresceu. A pesquisa indica um crescimento de 14% no valor médio das vendas, que ficou em torno de R$ 533. Já o volume de pedidos aumentou 11% comparado a 2020, chegando a 5,1 milhões.

"Depois de um 2020 muito forte para o e-commerce, era natural uma moderação levando-se em conta toda o cenário macroeconômico mais desafiador", afirmou o head de e-commerce da NielsenIQ|Ebit, Marcelo Osanai.

Dentre os que decidiram antecipar as compras da Black Friday, há uma preferências pelos segmentos de eletrodomésticos, com 22% do faturamento total nos sete dias analisados pela NielsenIQ|Ebit. Em seguida estão os segmentos de telefonia/celular (19%), casa e decoração (13%), eletrônicos (9%), informática (9%), moda e acessórios (5%), perfumaria e cosmético (3%) e esporte e lazer (3%).

A expectativa é que a edição de 2021 seja a mais bem-sucedida Black Friday dos últimos anos. Uma pesquisa da Neotrust indica um crescimento no volume de vendas que pode elevar o faturamento a 6,1 bilhões de reais, 18% a mais do que no ano anterior. Para manter os bons números, como em 2020, as empresas devem investir em frete grátis. Segundo a Neotrust, espera-se que entre 75% e 80% das compras pelo varejo digital aconteçam com frete grátis.

A projeção, ao que tudo indica, deve se realizar. De acordo com a NielsenIQ|Ebit, na semana anterior a Black Friday, mais da metade dos pedidos feitos ofereciam frete grátis, o que pode ter impulsionado a alta nas vendas. No entanto, o valor médio para quem pagou por frete, subiu de R$ 37,70 para R$ 41,80.

 

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também