Credores do Independência adiam decisão sobre oferta

Pedido de suspensão da assembleia foi feito pelo JP Morgan com o objetivo de analisar a proposta apresentada pelo JBS

São Paulo - Os credores do frigorífico Independência, em recuperação judicial desde 2009, pediram nesta segunda-feira a suspensão da assembleia convocada para avaliar uma proposta de compra de ativos feita pelo JBS, maior produtor de carne bovina do mundo.

Foi convocada para o dia 15 de maio uma nova assembleia para deliberar sobre o assunto.

O pedido de suspensão da assembleia foi feito pelo JP Morgan, um dos principais credores do Independência, com o objetivo de analisar a proposta apresentada pelo JBS.

O advogado do JBS Eduardo Munhoz, que apresentou a proposta durante assembleia, ressaltou que a companhia prevê a possibilidade de uma solução rápida e necessária para evitar uma deterioração maior dos ativos.

"Nossa visão, é que a proposta permite uma solução com a celeridade necessária para evitar a maior deterioração dos ativos", disse Munhoz, do escritório Mattos Filhos.

O JBS anunciou na semana passada proposta para comprar ativos do frigorífico Independência por 268 milhões de reais.

Segundo a proposta não vinculante anunciada pelo JBS, o pagamento de 135 milhões de reais será feito com ações da própria companhia, no valor unitário por ação de 7,91 reais por ação, e os 133 milhões de reais restantes em dinheiro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.