Negócios

Como criar uma estratégia poderosa de comunicação para o meu negócio?

A comunicação é um fator chave para o sucesso de qualquer estratégia. Ela ajuda a garantir o engajamento das pessoas e sua implementação de forma consistente, defende Miguel Danilo de Carvalho Marques, professor associado da Fundação Dom Cabral

Quando a comunicação é bem executada, é possível evitar conflitos, melhorar a eficiência e aumentar a produtividade (Martin Barraud/Getty Images)

Quando a comunicação é bem executada, é possível evitar conflitos, melhorar a eficiência e aumentar a produtividade (Martin Barraud/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 29 de abril de 2023 às 08h00.

Artigo escrito por Miguel Danilo de Carvalho Marques, professor associado da Fundação Dom Cabral

A comunicação é um fator chave para o sucesso de qualquer estratégia. Ela ajuda a garantir o engajamento das pessoas e sua implementação de forma consistente.

É por meio dela que a liderança da organização consegue garantir que todos os membros da equipe estejam alinhados e entendam os objetivos estratégicos da empresa. Quando a comunicação é bem executada, é possível evitar conflitos, melhorar a eficiência e aumentar a produtividade.

A McKinsey & Company e a Harvard Business Review publicaram estudo que aponta que a comunicação eficaz da estratégia é uma das principais maneiras pelas quais as empresas podem melhorar suas chances de sucesso na implementação da estratégia.

Aqui no Brasil, a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) realizou estudo, em 2022, que indicou que 59% dos participantes acreditam que o maior risco de comunicação é a falta de transparência. Revelou ainda que, engajar as lideranças como comunicadores é o maior desafio para as empresas (70% dos entrevistados).

Outros pontos levantados foram:  gerenciar o excesso de informações e comunicar a estratégia (55%) e melhorar a mensuração das iniciativas (53%).

Outro levantamento, este realizado pelo Zeno Group, aponta que apenas 19% dos executivos se sentem confiantes que os profissionais de sua empresa conseguem comunicar a estratégia do negócio de forma eficiente. Outros 33% se dizem nada confiante.

Em empresas com mais de 10 mil funcionários, esses números são ainda piores, onde a confiança dos executivos nesse sentido é menor do que em companhias de pequeno porte. A pesquisa ainda revela que 57% dos trabalhadores acham que teriam desempenho melhor se conhecessem os planos da companhia.

Já a Revista The Economist divulgou pesquisa sobre as barreiras de comunicação no ambiente de trabalho moderno. Outros 44% dos entrevistados relatam que a falta de comunicação causou atrasos ou falhas na conclusão de projetos, 18% afirmam que as falhas levaram à redução das vendas, 52% disseram que contribuiu para estresse e 31% para desânimo.

Portanto, percebemos que a comunicação da estratégia deve ser adaptada a diferentes pessoas e níveis hierárquicos para que todos possam entender e se alinhar com os objetivos da empresa.

O que é o desdobramento da estratégia e por que é tão importante comunica-lo?

É um processo que visa a transformação da estratégia organizacional em objetivos e metas específicas para cada nível da organização, que se inicia no topo e estende-se para os demais níveis hierárquicos.

Seu objetivo é permitir que todos os membros da equipe compreendam os objetivos e metas da organização e saibam como suas atividades contribuem para alcançá-los de forma alinhada. E, novamente, frisamos a importância do líder envolver os colaboradores, em uma comunicação bidirecional, para que entendam e se engajem na implementação da estratégia.

A Universidade de Cranfield descobriu que a comunicação da estratégia é uma das principais responsabilidades dos líderes da organização. Destaca também a importância de uma abordagem interativa que envolve diálogo e feedback bidirecional para garantir que as equipes estejam alinhadas com os objetivos estratégicos da empresa. Portanto, para que seja eficaz, é necessário um plano de comunicação cuidadosamente elaborado, detalhado, com canais bem definidos e revisado regularmente para garantir que a mensagem da estratégia seja consistente e bem compreendida.

No plano de comunicação esses fatores devem estar bem alinhados:

  • Desenvolver uma mensagem clara

Antes de comunicar a estratégia, certifique-se que a mensagem seja clara e concisa. Ela deve ser fácil de entender e transmitir os valores, a visão, propósito e objetivos da empresa, bem como seus projetos estratégicos e metas.

  • Usar uma variedade de canais de comunicação, de acordo com suas necessidades

Para garantir que todas as partes interessadas sejam alcançadas, deve-se incluir e-mails, boletins informativos, reuniões de equipe, vídeos e redes sociais corporativas, intranet, aplicativos de mensagens, gestão à vista, treinamentos, sistemas de feedback e ações estratégicas de RH.

  • Comunicar regularmente

A comunicação deve ser regular e constante. Recomenda-se ter um cronograma para a comunicação da estratégia, garantindo que todos sejam atualizados sobre o progresso da empresa e como eles se alinham com a estratégia.

  • Estabelecer uma cultura de comunicação aberta e transparente

Incentivar essa cultura auxilia a construção de um ambiente de trabalho saudável, produtivo, confiável e com senso de propósito.

A liderança deve estabelecer o tom para a comunicação aberta, demonstrando que valoriza a abertura e a transparência, alinhada com a ideologia. Estabelecer diretrizes claras com feedback, reuniões abertas, comunicação digital.

Ouça ativamente e responda de forma construtiva. Crie um ambiente de trabalho seguro, onde as pessoas se sintam confortáveis em compartilhar suas opiniões. Comemore a comunicação aberta, celebre exemplos na equipe e demonstre como ela levou a resultados positivos. Isso gera engajamento. Valores têm que ser praticados. Por outro lado, a falta de transparência pode levar a rumores e desconfiança entre os colaboradores e prejudicar a implementação da estratégia.

Em resumo, a comunicação do desdobramento da estratégia é importante por várias razões:

  • Gera alinhamento, pois todos entendem os objetivos e metas estratégicas e buscam alcança-los.
  • Gera engajamento, por se sentirem parte integrante da estratégia e motivados a trabalharem com eficiência e eficácia.
  • Previne conflitos, pelo fato de os membros da organização compreenderem como as suas atividades se encaixam no contexto geral da estratégia.
  • Auxilia no foco, facilitando alcançarem os objetivos estratégicos da empresa com ações bem direcionadas e sem rupturas.
  • Melhoria da eficiência, por terem uma compreensão clara de suas responsabilidades e ações.

E quais são os principais desafios?

Uma pesquisa de 2018 da Deloitte revelou que a comunicação da estratégia é um dos principais desafios enfrentados pelas empresas. Destaca ainda a importância de uma abordagem multidimensional para a comunicação da estratégia, que inclui mensagens claras e consistentes, bem como treinamento e desenvolvimento de habilidades de comunicação para os líderes da organização. Normalmente os líderes não sabem se comunicar. Entre os desafios:

  • Dificuldade em traduzir a estratégia em linguagem simples e acessível

Para superar esse desafio a equipe responsável pela comunicação do desdobramento da estratégia deve trabalhar em conjunto com os criadores da estratégia para traduzi-la em uma linguagem simples e acessível para todos.

  • Falta de tempo para comunicação

Para superar esse desafio, a comunicação deve ser parte essencial da execução da estratégia. Os responsáveis por ela devem ter tempo e recursos suficientes para implementá-la.

  • Dificuldade em manter a consistência na comunicação

Para superar esse desafio deve haver um plano de comunicação bem definido, com canais específicos e que todas as partes envolvidas estejam alinhadas com ele.

  • Resistência da equipe

Envolva a equipe na elaboração da estratégia desde o início, para que se sinta parte do processo e se engajem mais facilmente, diminuindo a resistência à mudança.

  • E, finalmente, a comunicação da estratégia deve ser apoiada por ações concretas e mostrar, a todos os funcionários, que os líderes estão comprometidos e trabalhando para alcançar os objetivos.

Portanto, para transmitir a mensagem correta sobre o desdobramento da estratégia, necessitamos de líderes que saibam se comunicar, que a empresa tenha um plano de comunicação bem definido, que busque a participação dos funcionários e que esteja disposta a superar os grandes desafios de se fazer entender.

Estamos na era da comunicação, mas ainda não sabemos nos comunicar de forma consistente, clara e objetiva. Comunicar é uma forte base para o engajamento. Líderes devem, sempre, buscar engajamento de sua equipe. E como todas as empresas são feitas por gente, entendê-las e saber se exprimir de forma clara, respeitosa e objetiva é um grande passo para colocar a estratégia em ação.

Acompanhe tudo sobre:ComunicaçãoEstratégiaFundação Dom Cabral

Mais de Negócios

De entregadores a donos de fábrica: irmãos faturam R$ 3 milhões com pão de queijo mineiro

Como um adolescente de 17 anos transformou um empréstimo de US$ 1 mil em uma franquia bilionária

Um acordo de R$ 110 milhões em Bauru: sócios da Ikatec compram participação em empresa de tecnologia

Por que uma rede de ursinho de pelúcia decidiu investir R$ 100 milhões num hotel temático em Gramado

Mais na Exame