Negócios

Cimed avança na compra da Jequiti — e quer 100% da empresa de cosméticos

Cimed quer entrar nas categorias de perfumes e maquiagem ainda este ano e conta com a aquisição da empresa do Grupo Silvio Santos para isso

Cimed:  meta é chegar a R$ 5 bilhões de faturamento em 2025, diz Adibe Marques (Leandro Fonseca/Exame)

Cimed: meta é chegar a R$ 5 bilhões de faturamento em 2025, diz Adibe Marques (Leandro Fonseca/Exame)

Isabela Rovaroto
Isabela Rovaroto

Repórter de Negócios

Publicado em 18 de junho de 2024 às 09h28.

Última atualização em 19 de junho de 2024 às 09h03.

As negociações entre a indústria farmacêutica Cimed e o Grupo Silvio Santos para aquisição da Jequiti Cosméticos avançaram na última semana. Segundo fontes a par da negociação, a compra só será concluída se a Cimed conseguir o controle de 100% da companhia.

Com novas aquisições no radar desde o ano passado, a companhia liderada por João Adibe Marques aposta na entrada na categoria de perfumes e maquiagem para seguir em crescimento. Em 2023, a farmacêutica chegou a R$ 3 bilhões em receitas e lucro de R$ 248 milhões.

Em entrevista a edição de maio da revista EXAME, João Adibe falou sobre seu interesse em explorar mais o canal de vendas diretas — o antigo porta a porta.

Com R$ 600 milhões em caixa após uma emissão de debêntures divulgada no início de maio, o CEO afirmou que a sua aposta para o último trimestre de 2024 será a venda porta a porta de perfumes e maquiagem. A ideia é usar as farmácias como pequenos centros de distribuição para venda direta ao consumidor final. Leia mais detalhes aqui.

Fundada em 2006, a marca de cosméticos Jequiti possui mais de 500 produtos, atualizados mensalmente com lançamentos. Perfumaria, maquiagem e cuidados diários compõe a ampla gama de produtos da marca. Um atrativo da marca é o grande número de consultoras: 260 mil em todo o país.

O mercado de venda direta emprega atualmente mais 3,5 milhões de empreendedores independentes, segundo a Associação Brasileira de Venda Direta (ABDV) e se popularizou no imaginário brasileiro com revendedoras de grandes marcas como Natura, Boticário e Avon -- e Jequiti.

Quer dicas para decolar o seu negócio? Receba informações exclusivas de empreendedorismo diretamente no seu WhatsApp. Participe já do canal Exame Empreenda

Acompanhe tudo sobre:cimedFusões e Aquisições

Mais de Negócios

Com nova fábrica, Gelato Borelli vai triplicar produção e planeja faturar R$ 360 milhões em 2024

A aposta de R$ 500 milhões de uma varejista gaúcha para fazer o maior complexo logístico do RS

'Jurassic Park' brasileiro anuncia novos parques depois de crescer 893% em 2023

Das dívidas aos bilhões: como a Marvel fugiu do colapso com uma estratégia financeira que mudou tudo

Mais na Exame