Bunge compra a marca Etti da Hypermarcas

Valor do negócio é de cerca de 200 milhões de reais

São Paulo - O grupo Bunge, um dos maiores produtores de commodities agrícolas do Brasil, está prestes a comprar a marca de alimentos Etti, da Hypermarcas. A aquisição deverá ser fechada até amanhã, por um valor de cerca de 200 milhões de reais, após cerca de cinco meses negociações.

Os assessores financeiros são o Banco Espírito Santo, do lado do Bunge, e o Credit Suisse, do lado da Hypermarcas.

O negócio representa um marco no redirecionamento estratégico das duas empresas. No caso da Hypermarcas, encerra a série de vendas programas em meados deste ano para restringir seu portfólio a medicamentos e produtos de higiene pessoal. A primeira delas foi a venda de marcas de produtos de limpeza para a Flora, dos mesmos donos do JBS, no fim de outubro.

No caso do Bunge, dá início a uma ampliação do portfólio de alimentos -- que prevê a compra de marcas de consumo em áreas tão diversas como biscoitos e atomatados. No início de novembro, o Bunge perdeu a disputa pela fabricante de biscoitos Mabel para a Pepsico.

Procuradas, as empresas não comentaram a notícia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.