A página inicial está de cara nova Experimentar close button

BNDES nega que facilitou pagamentos de dívidas de Eike

Em nota, banco afirma que tratamento dado ao Grupo EBX é o mesmo de qualquer empresa

São Paulo – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) negou, nesta tarde, que tenha facilitado o pagamento de empréstimos de empresas de Eike Batista. Trata-se de uma resposta à reportagem publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo, que afirma que o banco prorrogou prazos de pagamento do Grupo EBX, incluindo parcelas que já deveriam ser quitadas.

Em nota à imprensa, o BNDES afirmou que “o tratamento dispensado pelo banco ao grupo EBX é rigorosamente igual ao dado a qualquer empresa tomadora de crédito no BNDES.”

A instituição afirmou, ainda, que a estruturação de garantias para aprovar os empréstimos foi feita “com o rigor usual” que o banco aplica “em todas as suas operações, obedecendo às melhores práticas bancárias.”

O BNDES também negou que tenha negociado taxas de juros mais vantajosas para Eike. Segundo a nota, a taxa de 4,5% ao ano, mencionada na reportagem do Estadão, era a que vigorava na época em que os acordos foram fechados pelo Programa de Sustentação do Investimento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também