Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

Pelo segundo ano consecutivo, a Black Friday no Brasil deixou a desejar, decepcionando lojistas e consumidores. Da quinta-feira, véspera da Black Friday, até meio-dia de sábado, o faturamento recuou 14% e o número dos pedidos, 13,7%, de acordo com a Neotrust, numa comparação com o mesmo período de 2022.

Vários fatores ajudam a explicar os resultados aquém dos esperados. Apesar de uma curva decrescente, o endividamento das famílias e os juros seguem em patamares elevados. Além disso, grandes varejistas entraram na Black Friday neste ano mais racionais, não querendo queimar tanta margem e focando na rentabilidade da operação.

Apesar de um cenário não tão positivo, alguns pontos interessantes já podem ser levados da Black Friday 2023. Um deles é que as promoções ficaram mais espraiadas e, como resultado, novos dias ganharam força nas promoções. 

O fim da noite de quinta-feira e a madrugada de sexta-feira registraram alta nas vendas, inclusive. Levantamento da NielsenIQ Ebit, uma das líderes de informações sobre comércio eletrônico no Brasil, mostrou que o pico foi à meia-noite, quando houve 20% mais de vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

E qual foi o desempenho das grandes varejistas internacionais posicionadas no Brasil? Veja abaixo o resultado da Black Friday na Amazon e na Shopee, duas das principais varejistas estrangeiras com operações locais. 

Qual foi o desempenho da Amazon na Black Friday

Na Amazon, o clima é positivo. A empresa comemorou um crescimento de 60% na semana da Black Friday em relação ao mesmo período do ano passado, na operação brasileira. Os números brutos, porém, não foram divulgados. 

De acordo com a varejista, os principais crescimentos foram nas categorias: 

  • Eletrônicos e Videogames
  • Eletrodomésticos e Casa
  • Dispositivos Amazon
  • Itens de Beleza e Cuidado Pessoal

A empresa também enviou os itens mais vendidos durante a promoção:

  • Echo Pop Smart speaker
  • Echo Dot 5ª geração
  • Kindle 11ª Geração
  • Whisky Chivas Regal 12 anos
  • PlayStation 5
  • Sabão OMO Lava-Roupas
  • Samsung Galaxy S23 Ultra 5G
  • Creatina Soldiers Nutrition
  • Maionese Heinz
  • iPhone 14
  • Livro A Biblioteca da Meia-Noite

Esse ano, a Amazon também destacou a ampliação da entrega rápida, com a inauguração de 48 unidades de última milha e firmamos e expansão das parcerias com empresas brasileiras como a Azul Linhas Aéreas, To Do Green e Favela Log. 

“Essas parcerias nos ajudaram a incrementar nossa rede logística e fazer essa a semana Black Friday com nossa entrega mais rápida do norte a sul do Brasil, melhorando também a experiência de entrega em Favelas do Rio e São Paulo e aumentando rotas feitas por carros elétricos”, diz o presidente da Amazon no Brasil, Daniel Mazini. 

Qual foi o desempenho da Shopee na Black Friday

Na Shopee, são duas Black Fridays em novembro. Uma na data mesmo, e outra no 11 de novembro (11/11), quando fazem, talvez, as maiores promoções do ano.

Aliás, o varejo asiático trouxe para o Brasil a tradição de comemorar datas duplas com promoções para os clientes. É mais uma oportunidade de gerar consumo, especialmente em meses sazonais com poucas datas fortes que podem se traduzir em vendas. 

No caso da Black Friday, a Shopee registrou o dobro de vendas durante a semana comparado ao ano passado, sendo mais de 90% dos pedidos de vendedores brasileiros. Assim como a Amazon, a empresa não divulga os números brutos. 

 “Estamos satisfeitos ao observar os resultados positivos deste mês, que consideramos um dos mais importantes do ano para nós”, afirma Felipe Piringer, responsável pelo Marketing da Shopee.

 O levantamento da Shopee também mapeou os 5 produtos mais vendidos durante a Black Friday: 

  • Fritadeira elétrica
  • Ventilador
  • Videogame
  • TV
  • Smartphone

“Este ano, chamou a atenção a presença de ventiladores”, afirma Piringer. “A recente onda de calor que tivemos ligou um alerta aos consumidores brasileiros. Ano passado, esse item não aparecia entre os mais vendidos.”

Qual foi o desempenho do Mercado Livre na Black Friday

Conforme adiantou a Exame IN, a plataforma de marketplace Mercado Livre, com sede na Argentina, também teve um destaque positivo. As vendas brutas (GMV, na sigla em inglês) cresceram 80% apenas de quinta-feira até as 17h de sexta-feira.

“Foi um avanço muito surpreendente. O mês de outubro tinha sido o maior da história e agora vai ser novembro”, disse Fernando Yunes, CEO do Mercado Livre no Brasil, em entrevista para o Exame IN. O plano da varejista era crescer 40% em GMV.

Considerando os números da Neotrust, o executivo diz que o Meli estava ganhando 12 pontos percentuais de participação de mercado na data

Saiba mais: Black Friday: e-commerce nacional patina (e MELI dispara na frente)

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Morre aos 97 anos Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine Luiza

seloNegócios

Morre aos 97 anos Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine Luiza

Há 9 horas

Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

seloNegócios

Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

Há 2 dias

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com as companhias aéreas que dominavam os céus do Brasil

seloNegócios

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com essas cias aéreas brasileiras

Há 2 dias

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

seloNegócios

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais