BB é maior do país em ativos e Itaú tem maior lucro

Banco do Brasil fechou o primeiro trimestre de 2011 com R$ 866 bilhões em ativos financeiros

São Paulo - O Itaú Unibanco ficou com o maior lucro do sistema financeiro brasileiro no primeiro trimestre, de R$ 3,5 bilhões. Já o Banco do Brasil (BB), que lucrou R$ 2,9 bilhões, valor recorde para o período na instituição, fechou o trimestre como o maior banco brasileiro em ativos, com R$ 866 bilhões. Na comparação com o Itaú, o BB está R$ 88 bilhões à frente. Os quatro maiores bancos do País juntos lucraram R$ 10,1 bilhões no primeiro trimestre no padrão contábil brasileiro, o BR Gaap.

Além de ser líder em ativos, o BB fechou o período com o menor índice de inadimplência entre os grandes bancos. O indicador do banco público, considerando os atrasos acima de 90 dias, terminou março em 2,1%, abaixo dos 3,6% do Bradesco e dos 4,2% do Itaú.

No crédito, o desempenho do BB teve tendência oposta à verificada nos bancos privados. O BB, ao contrário de Bradesco, Santander e Itaú, registrou melhor desempenho no segmento de pessoa física (expansão de 22,5%). Nos privados, as linhas de pessoa jurídica, principalmente o crédito para micros e pequenas companhias, tiveram desempenho melhor. No Bradesco e no Itaú Unibanco, por exemplo, cresceram 29% no primeiro trimestre, ante igual período do ano passado. No BB, a expansão foi de 11,4%.

O Santander manteve o posto de banco mais capitalizado entre as grandes instituições brasileiras, com índice de Basileia de 23%. Em seguida aparecem Itaú Unibanco (16%), Bradesco (15%) e BB (14%). Todos estão acima do mínimo exigido pelo Banco Central (BC), de 11%. O indicador mede quanto o banco pode emprestar sem comprometer sua base de capital.

O Bradesco fechou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 2,70 bilhões e ativos totais de R$ 675,4 bilhões. O Santander lucrou R$ 1 bilhão, com ativos de R$ 401 bilhões, considerando o resultado do banco espanhol no padrão BR Gaap.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.