BB e Bradesco dizem analisar oportunidades de mercado

Os dois bancos já são parceiros no mercado de adquirência, no controle da Cielo

São Paulo - O Banco do Brasil recebeu um ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) questionando reportagem do Broadcast (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado), sobre possível compra de participação na Elavon, em parceria com o Bradesco.

Os dois bancos já são parceiros no mercado de adquirência, no controle da Cielo.

Também o Bradesco manifestou-se sobre a consulta formulada pela CVM. Ambos afirmaram, cada qual em sua nota de esclarecimento, que analisam continuamente oportunidades "que estejam alinhadas com sua estratégia de negócios", mas que não têm conhecimento da fonte das informações.

De acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast, BB e Bradesco avançaram nas negociações para comprar a fatia de 49% que o Citi detém na americana Elavon, como publicado em 4 de fevereiro. O negócio, ainda segundo as fontes, está para ser anunciado em breve.

O Banco do Brasil e o Bradesco, na resposta à CVM, reiteram compromisso com transparência ao mercado e que quaisquer fatos relevantes serão divulgados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.