Azul quer estrear voos entre Campinas e Lisboa em maio

A nova rota terá, inicialmente, três frequências semanais, podendo chegar a seis durante a alta temporada

	Avião da Azul em Viracopos: a nova rota terá, inicialmente, três frequências semanais, podendo chegar a seis durante a alta temporada
 (Alexandre Battibugli/EXAME.com)
Avião da Azul em Viracopos: a nova rota terá, inicialmente, três frequências semanais, podendo chegar a seis durante a alta temporada (Alexandre Battibugli/EXAME.com)
Por Victor AguiarPublicado em 21/01/2016 13:56 | Última atualização em 21/01/2016 13:56Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo - A Azul Linhas Aéreas pretende iniciar, em 4 de maio, a operação de um voo sem escalas entre Campinas e Lisboa. A nova rota terá, inicialmente, três frequências semanais, podendo chegar a seis durante a alta temporada.

Em comunicado, a companhia afirma que já enviou às autoridades aeroportuárias brasileiras e portuguesas o pedido de autorização para a operação.

Segundo a Azul, caso o trajeto seja aprovado, a empresa será a única aérea de bandeira brasileira a ter voos sem escalas para Portugal - o último serviço sem escalas de uma companhia nacional para o país europeu foi operado há dez anos.

A Azul destaca que, na capital portuguesa, os clientes contarão com ligações da TAP Portugal e TAP Express para mais de 80 destinos em 35 países, por meio do acordo de codeshare firmado em outubro.

Por outro lado, a companhia oferece, em Campinas, mais de 170 decolagens diárias para aproximadamente 60 destinos domésticos, além de Fort Lauderdale/Miami e Orlando (Estados Unidos) e Caiena (Guiana Francesa).

"Estudamos constantemente nossa malha de voos e identificamos essa oportunidade pela grande conectividade no Brasil e na Europa.

Vamos oferecer voos muito convenientes a partir de várias cidades brasileiras com conexão em São Paulo (Campinas), assim como ligações para várias regiões da Europa por meio de nosso acordo de codeshare com a TAP", diz, em nota, o presidente da Azul, Antonoaldo Neves.

"Este é mais um excelente exemplo do contínuo investimento da Azul no mercado brasileiro, com foco em levar os clientes também a destinos internacionais."