Ambev mantém planos de crescer no Norte e Nordeste

Empresa planeja investir 2,6 bilhões de reais no Brasil este ano, mesmo valor do ano passado

São Paulo – A Ambev fechou o quarto trimestre com lucro líquido de 3,03 bilhões de reais, volume 17,3% maior na comparação anual. O resultado fez com que a empresa estimasse um investimento de 2,6 bilhões de reais para continuar crescendo no país.
Em 2011, a Ambev fez investimentos de 2,6 bilhões de reais no mercado brasileiro – mesmo valor que a empresa estima investir este ano. Do total, 800 milhões de reais foram destinados a investimentos no Nordeste e o restante foi diluído em aportes que incluíram o aumento de capacidade produtiva total da companhia em 10%.

“O volume dos aportes mostra o quanto a empresa aposta no Brasil a longo prazo, ainda mais levando em conta os eventos esportivos que vão acontecer no país”, afirma Nelson Jamel, vice-presidente financeiro e de relações com investidores.

Os recursos serão destinados a todo país, com foco no aumento da capacidade produtiva, mas também destinados à logística e inovação. “Serão investimentos de perfil similar aos feitos no ano passado, mas com um carinho especial às iniciativas de ampliação de presença no Norte e Nordeste do país”, diz Jamel. O foco em bebidas premium também deve continuar este ano.

As duas regiões são, segundo o executivo, as que apresentam maior crescimento nos últimos anos por terem um consumo per capital menor que a média das demais regiões brasileiras. “A combinação de aumento de capacidade, mercado e marketing, com patrocínios significativos, como o do carnaval de Salvador deste ano, são iniciativas que já mostram nosso interesse em aumentar nossa fatia na região”, diz o diretor.

Participação de mercado

O market share consolidado da companhia no Brasil foi de 69%, segundo dados da própria Ambev, o que significou uma perda de dois pontos percentuais. “Mesmo com a perda, esse foi o segundo melhor resultado da companhia dos últimos dez anos, porque apostamos em inovação e na disponibilidade de nossos produtos”, diz Jamel.

A companhia não abre o quanto obteve de participação de mercado por marca, mas deixa claro a animação com as vendas das marcas Stella Artois, que cresceram 215% no ano passado. “Em geral, esperamos uma melhora do mercado em 2012, tanto em vendas de marcas premium, como essa, quanto com venda de marcas não-alcóolicas”, diz o executivo.

Em refrigerante, o market share da Ambev durante 2011 na categoria subiu de 17,7% para 18%, segundo dados Nielsen fornecidos pela empresa. “Trata-se de um recorde de participação de mercado, graças a nossa inovação em embalagens e bebidas alinhadas à estratégia de atender todos os tipos de consumidores brasileiros”, diz Jamel.