• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 14,02 -0.85
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,05 -1.60
  • AMER3 R$ 23,47 1.65
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 81,36 0.20
  • ASAI3 R$ 15,96 3.30
  • AZUL4 R$ 21,10 -0.66
  • B3SA3 R$ 12,04 1.95
  • BBAS3 R$ 37,00 3.64
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 14,02 -0.85
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,05 -1.60
  • AMER3 R$ 23,47 1.65
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 81,36 0.20
  • ASAI3 R$ 15,96 3.30
  • AZUL4 R$ 21,10 -0.66
  • B3SA3 R$ 12,04 1.95
  • BBAS3 R$ 37,00 3.64
Abra sua conta no BTG

Gasolina a R$ 7? Conheça 7 dicas para economizar combustível do carro

De ar-condicionado a peso desnecessário, veja quais são os inimigos do consumo
Economia: atenção a alguns detalhes podem ajudar a reduzir o consumo de combustível (Exame/Alexandre Battibugli)
Economia: atenção a alguns detalhes podem ajudar a reduzir o consumo de combustível (Exame/Alexandre Battibugli)
Por Gabriel AguiarPublicado em 09/09/2021 14:34 | Última atualização em 10/09/2021 11:07Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Os preços da gasolina comum já ultrapassam 7,19 reais, por litro, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) – e o etanol chega a 6,99 reais, por litro, dependendo da região do Brasil. E, em meio a constantes aumentos, como economizar combustível no carro? Conheça sete dicas que podem ajudar os motoristas a aumentar a eficiência na hora de dirigir.

Como economizar combustível do carro

  • Acelerador e freio

Pisar fundo no pedal do acelerador aumenta o volume de ar (e a quantidade de combustível) dentro do motor. Por isso, vale moderar o pé direito e tentar antecipar a trajetória para melhorar a eficiência. Tem um semáforo à frente? Deixe o veículo reduzir a velocidade gradativamente, utilizando o freio somente na parada total. Afinal, quanto menos frenagens, melhor aproveitado é o “embalo”.

  • Utilize a marcha ideal

O câmbio serve para manter o motor em funcionamento na rotação ideal. Isso significa que antecipar – ou alongar – as trocas de marchas reduzem a eficiência e fazem o veículo trabalhar com “mais esforço”. Como a meta é economizar combustível e não disputar provas de velocidade, é melhor manter o conta-giros afastado do limite (faixa vermelha) e priorizar as rotações de médias a baixas.

  • Atenção ao abastecer

Parece besteira, mas não custa repetir: evite postos de combustível duvidosos e desconfie sempre que o rendimento cair após o abastecimento. Afinal, esse é o alimento do motor e qualquer adulteração pode trazer uma série de prejuízos – não apenas para o consumo, mas também para a durabilidade. Em carros flex, o etanol tem médias piores, mas polui menos e é viável se for 25% mais barato.

  • Pressão dos pneus

Pneus murchos podem aumentar o consumo de combustível porque têm mais atrito com o piso e ainda comprometem a segurança, já que altera as respostas da direção. Por isso, é importante ver no manual de instruções qual é a pressão correta para cada tipo de uso (com carro cheio e bagagens, por exemplo) e verificar semanalmente. Ah, não esqueça: é sempre melhor calibrar os pneus frios.

  • Manutenção preventiva

Outro alerta óbvio, mas que não custa ser repetido. É sempre importante manter a manutenção em dia para garantir que todo o conjunto funciona como deveria. Pequenas variações do óleo ou dos filtros são suficientes para influenciar na queima de combustível e, consequentemente, no consumo. Isso sem falar nos riscos de vazamentos, problemas de compressão e peças sofrendo com atritos.

  • Peso desnecessário

Quanto mais pesado o veículo, mais exigido será o motor. E nem é necessário dizer que isso aumenta o consumo de combustível, né? Também vale uma olhada no manual para conferir os limites de carga – e evitar sobrecarregar outros conjuntos, como pneus e suspensão. Só que, para quem faz contas na ponta do lápis, o ideal é se desfazer de tudo que é dispensável e só levar o que é necessário.

  • Uso do ar-condicionado

Há quem pense que ar-condicionado sempre aumenta os gastos de combustível. Mas não é bem assim: a velocidades mais altas, em rodovias, é mais vantajoso manter o sistema ligado a abrir os vidros. Tudo por conta da aerodinâmica. Só que, na cidade e a baixas velocidades, ainda vale respirar ar puro. E um detalhe: mudar a velocidade do ventilador ou a temperatura não alteram o consumo.