Um morto e 3 feridos em tiroteio na Dinamarca

Incidente aconteceu durante uma visita de Lars Vilks, o controverso artista responsável pela publicação das charges que retratavam o profeta Maomé em 2007

Copenhagen - Uma pessoa morreu e três policiais ficaram feridos neste sábado após um tiroteio na capital da Dinamarca, Copenhagen, que recebia a visita do controverso artista sueco Lars Vilks, informou a agência de notícias Ritzau.

A polícia confirmou um tiroteio e disse que os suspeitos fugiram do local em um carro. Vilks provocou polêmica em 2007 com a publicação de desenhos retratando o profeta Maomé como um cachorro, o que gerou ameaças de grupos de militantes islâmicos.

Desde então, ele vive sob forte esquema de segurança. O embaixador da França na Dinamarca, que participava do encontro, assim como Vilks, saíram ilesos, disse a Ritzau. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.