UE quer dificultar vistos para norte-americanos

Caso aprovado, cidadãos de EUA, Canadá e Brunei podem em poucos meses perder a entrada automática para o bloco

Bruxelas - A Comissão Europeia pediu que os governos e legisladores da União Europeia declarem até 12 de julho que ação o bloco deve assumir devido à não-reciprocidade de vistos para cidadãos da União Europeia nos Estados Unidos, Canadá e Brunei.

As regras da UE dão à comissão o poder de suspender o programa de isenção de visto do bloco para outros países se eles não ofereceram isenção recíproca de visto a todos os cidadãos do bloco.

Caso aprovado, cidadãos de EUA, Canadá e Brunei podem em poucos meses perder a entrada automática para o bloco.

O assunto foi discutido terça-feira pelo Colégio de Comissários, políticos que dirigem o braço executivo da UE.

Sob as regras da UE, a Comissão necessita lançar um procedimento legal para suspender os programas de isenção de visto para outros países.

Uma vez que for iniciado, o Parlamento e os Estados-membros têm quatro meses para levantar objeções. Eles podem solicitar um atraso de dois meses adicionais após esse período antes que a suspensão de isenção de visto entre em vigor.

No entanto, um funcionário da UE disse que a comissão não tinha dado início ao processo legal e que não há data acordada para essa deliberação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também