Suprema Corte dos EUA decide revisar veto anti-imigração de Trump

Decisão reverte o veto instituído por instâncias inferiores nos EUA, uma grande vitória para o governo do republicano

Washington - A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu nesta segunda-feira reinstituir parcialmente o decreto anti-imigração do presidente Donald Trump, que impede por 90 dias as viagens de cidadãos de seis países de maioria muçulmana.

A decisão reverte o veto instituído por instâncias inferiores nos EUA, uma grande vitória para o governo do republicano.

Em sua decisão, a corte deixou apenas uma categoria de estrangeiros protegida, aquela com "uma relação de boa fé com os Estados Unidos". O comunicado afirma também que a Suprema Corte irá revisar o decreto presidencial em outubro.

Na semana passada, Trump afirmou que a medida iria entrar em vigor 72 horas após a decisão da Justiça.

Cidadãos do Irã, Líbia, Somália, Sudão, Síria e do Iêmen serão afetados pela decisão.

Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.